Moro condena filhas e genro de ex-diretor da Petrobras | Fábio Campana

Moro condena filhas e genro de ex-diretor da Petrobras

Arianna Azevedo Costa Bachmann, Shanni Azevedo Costa Bachmann e Márcio Lewkovicz, filhas e genro de Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, foram condenados pelo Juiz Sergio Moro.
O trio foi acusado de atrapalhar investigações, quando entraram na Costa Global Consultoria, empresa do ex-diretor, e “removeram diversos documentos, dispositivos eletrônicos e dinheiro, que interessavam à investigação”.
Depois de firmarem acordo de delação, Arianna e Lewkovicz trocaram as penas de dois anos e quatro meses de prisão e Shanni de um ano e oito meses por prestação de serviços comunitários.

(Foto: Google/Reprodução)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*