Mais de 50 mil pessoas passam pela Festa do Feijão Preto | Fábio Campana

Mais de 50 mil pessoas passam pela Festa do Feijão Preto

Mais de 50 mil pessoas passaram nos últimos três dias pela Festa Nacional do Feijão Preto (Fenatep), em Prudentópolis. Tradicional na região, a festa comemora, em 2018, os 112 anos do município, o maior produtor nacional de feijão. A governadora Cida Borghetti participou do evento neste domingo (12).

“A produção de feijão preto aqui em Prudentópolis abastece a região, o Paraná e o Brasil. Uma grande oportunidade para mostrar a riqueza da cidade e fomentar a economia local”, disse a governadora.

Na festa foi servida a maior feijoada no mundo, preparada com meia tonelada de feijão e 700 quilos dos demais ingredientes, em uma panela de 12 toneladas.

“Uma festa que nasceu para homenagear o nosso pequeno produtor rural, que faz de Prudentópolis o maior produtor de feijão preto do Brasil. Há nove anos criamos esta festa e todo ano é este sucesso”, afirmou o prefeito de Prudentópolis Adelmo Luiz Klosowski.

POTENCIAL – Com cerca de 8 mil pequenos produtores rurais, a agropecuária responde por aproximadamente 40% da receita econômica da cidade, com produtos que vão além do feijão e incluem leite, erva-mate e mel, entre outros.

Cida destacou que a festa é uma iniciativa importante porque valoriza os agricultores e a produção paranaense, chamando a atenção para a região, o que ajuda a fortalecer o turismo.

Com forte presença da cultura ucraniana, Prudentópolis é conhecida como a terra das cachoeiras gigantes. “Trata-se de uma cidade histórica, com costumes, religiosidade, além das belezas naturais. Prudentópolis abriga mais de 100 cachoeiras e desenvolve o turismo ecológico aliado a práticas esportivas”, destacou a governadora.
Um dos destaques é o Monumento Natural Salto São João, um dos principais destinos do turismo de aventura do Paraná pela beleza e pela facilidade de acesso.

A área do monumento é uma Unidade de Conservação gerenciada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e no ano passado passou por melhorias. Foram construídos dois mirantes, estacionamento, centro de visitantes, casa da guarda e alojamento para pesquisadores.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*