Francischini desiste do Senado | Fábio Campana

Francischini desiste do Senado

Fernando Francischini diz que o momento é de dar um passo atrás, para pegar embalo e seguir a caminhada com mais força.
Repensou a decisão de concorrer ao Senado, para ser candidato a deputado estadual e trabalhar para eleger um número grande de parlamentares bolsonaristas.


19 comentários

  1. xiru de palmas
    segunda-feira, 6 de agosto de 2018 – 21:07 hs

    Este é o tipo do cavalo paraguaio.
    Não tem voto nem para vereador.
    Achou que iria fazer um “grau” com o Bolsonaro.
    Pegue o boné enquanto é tempo, pois nem ele, nem o filhinho e nem a esposa (que é a presidente do partido) tem representação política.

  2. Petrus
    segunda-feira, 6 de agosto de 2018 – 21:14 hs

    Francischini, que de bobo nada tem, sabe que Requião e Beto Richa estão eleitos!!!

  3. Petrus
    segunda-feira, 6 de agosto de 2018 – 21:17 hs

    Aliás, Beto Richa agradece, visto que os eleitores do delegado e do ex governador são os mesmos!!!!

  4. João Pedro
    segunda-feira, 6 de agosto de 2018 – 21:19 hs

    Sou Bolsonaro Presidente e Zé Boni Senador

  5. Tongo
    segunda-feira, 6 de agosto de 2018 – 22:04 hs

    Mas ele não é deputado/delegado federal? Não ia sair senador? Agora vai tentar ser deputado estadual?
    Juro, não to intendendo nada. Mas é por que eu sou tongo.

  6. Carlos
    segunda-feira, 6 de agosto de 2018 – 22:13 hs

    Hum … ordem do chefe sr beto Richa. Tem gente que acredita nele

  7. Phillips
    segunda-feira, 6 de agosto de 2018 – 22:53 hs

    Pensou, pensou e viu que ia levar ferro e desistiu

  8. bs
    segunda-feira, 6 de agosto de 2018 – 23:11 hs

    Viu que não conseguiria, e agora fica com esse bla bla.

  9. Jron
    segunda-feira, 6 de agosto de 2018 – 23:29 hs

    De olho na prefeitura de Curitiba. Kkk

  10. fabio
    terça-feira, 7 de agosto de 2018 – 0:29 hs

    será lembrado por professores nas eleições…bala de borracha na turma do giz…nem deputado estadual será…

  11. Xibata - Lambada-
    terça-feira, 7 de agosto de 2018 – 2:58 hs

    CIDA poderá perder apoios ? Deputados da coligação se sentindo desprestigiados ao não serem lembrados para comporem a chapa majoritária na Vice Governadoria. Professores e Servidores ao verem a chapa composta de participantes do camburão no massacre ! Ex Governador – Líder do Governo e Vice escolhido Coronel das hostes institucionais que em missão tiveram que jogar bombas e conter a confusão que gerou massacres aos funcionários da educação. À princípio surge descontentamentos com a escolha do Vice e comenta-se em rodas ainda pequenas. Vox populi ? VOX DEI.

  12. Homero Pereira
    terça-feira, 7 de agosto de 2018 – 6:00 hs

    Que pena….ele ia ser destrossado na TV pelo Requiao…pelo Beto e pelo Flavio Arns e ficaria sem emprego no ano que vem…agora terah de enfrentar os professores do Parana.

  13. terça-feira, 7 de agosto de 2018 – 7:48 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

  14. LENA
    terça-feira, 7 de agosto de 2018 – 8:26 hs

    Belo discurso, pra quem acredita nele, mas na realidade ele quer apoiar Beto Richa ao Senado em troca de cargos. Acorda, todo mundo sabe que é pura estratégia política. Chega de demagogia.

  15. Bordoada
    terça-feira, 7 de agosto de 2018 – 9:02 hs

    Será que o homem que comandou o massacre do Centro Cívico terá alguma chance?

  16. QUESTIONADOR
    terça-feira, 7 de agosto de 2018 – 10:28 hs

    -Nunca teve cacife para almejar vôos maiores…caso saísse para concorrer ao Senado, perderia e ficaria sem cargo político algum…e pasmém…teria que trabalhar!!! Quanta indolência para um político: trabalho!!!

  17. Raul
    terça-feira, 7 de agosto de 2018 – 11:06 hs

    E o ex presidente da FIEP ficou de fora da campanha?
    Campagnolo não queria ser vice de alguém?
    Não era o cara, o iscafi do Paraná?
    Skaf virou esquife!

  18. Mimi
    quarta-feira, 8 de agosto de 2018 – 11:23 hs

    Este faz marketing pessoal, mas depois que mandou bater em professores, acabou o personagem!

  19. Pamela Ketlin
    quarta-feira, 8 de agosto de 2018 – 13:17 hs

    Este que mandou bater em professor não se elege mais, nem o filho tomador de Toddynho!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*