Ex-prefeito de Foz: direitos políticos suspensos | Fábio Campana

Ex-prefeito de Foz: direitos políticos suspensos

O Tribunal de Justiça do Paraná manteve a condenação do ex-prefeito de Foz do Iguaçu, Celso Samis da Silva, determinando a suspensão de seus direitos políticos por três anos. Motivo: terceirização irregular de mão de obra.
De acordo com a ação, Celso contratou em 2003, uma cooperativa para fornecimento de mão de obra, especialmente na área da saúde, o que não é permitido pela legislação.
Também foram condenados a cooperativa, que foi proibida de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios por três anos, e o seu responsável, cujos direitos políticos também foram suspensos por três anos.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*