A 'régua moral' de Ana Amélia | Fábio Campana

A ‘régua moral’ de Ana Amélia

BR18

“Cobre de mim os meus atos.” Assim a senadora Ana Amélia, candidata a vice na chapa de Geraldo Alckmin, responde, em entrevista à Folha, sobre casos de corrupção envolvendo políticos do seu partido, o PP. Ela também se esquivou de responder se o caso de Aécio Neves atinge a chapa, dizendo que se deve perguntar “ao eleitor”. Ainda assim, assegura que sua “régua moral” é a mesma para aliados e adversários, e diz que coloca a mão no fogo pelo companheiro de chapa.


Um comentário

  1. lauro
    terça-feira, 7 de agosto de 2018 – 12:26 hs

    Quem se mistura com o que há de mais podre na corrupção do Brasil e tinha como mote a luta contra essa mesma corrupção, simplesmente não é nem nunca foi autêntica em suas palavras .Acabou politicamente e está sendo enterrada junto ao ladrão de merenda escolar (Santo Alckmim)!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*