STJ nega pedido para Lula conceder entrevistas da cadeia | Fábio Campana

STJ nega pedido para Lula conceder entrevistas da cadeia

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins, negou pedido para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conceder entrevistas de dentro da prisão, em Curitiba, onde cumpre pena por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato.

O pedido foi feito por um advogado de fora da defesa do petista. Ricardo Luiz Ferreira afirmou ao tribunal que a solicitação se justificaria pela defesa de liberdade de imprensa. As informações são do Estadão Conteúdo.

Ao negar, o ministro cita manifestação do advogado de defesa de Lula, Cristiano Zanin, ao STJ, afirmando que o ex-presidente desautoriza “qualquer forma de representação judicial ou extrajudicial em seu nome que não seja através de seus advogados legalmente constituídos para representá-lo”. A declaração foi feita em outro habeas corpus apresentado ao tribunal por advogado de fora da defesa do petista.

No último dia 11, a juíza Carolina Moura Lebbos, da Vara das Execuções Penais de Curitiba (12.ª Vara Federal), negou ao ex-presidente participação em entrevistas e debates e também vetou a saída de Lula da cadeia para ‘participação presencial’ na Convenção Partidária Nacional do PT.


8 comentários

  1. OTIMISTA
    sexta-feira, 20 de julho de 2018 – 5:33 hs

    Decisão corretíssima. Se um cara nocivo como o sapo barbudo
    tiver esta regalia assim como tantas outras, a cadeia passa a ser
    uma bela sala de passeio. Cadeia é cadeia e o cara precisa sofrer.

  2. Aprigio Fonseca
    sexta-feira, 20 de julho de 2018 – 7:29 hs

    O golpe tem que ser escondido,esses canalhas da justiça nem mais olham nos olhos,mas mesmo envergonhados,isso é se eles tem vergonha seguem o ritual de desmonte do Brasil e a casta vivendo nababescamente.

  3. CAÇADOR DE VERMES PETISTAS
    sexta-feira, 20 de julho de 2018 – 7:43 hs

    O que é caráter?
    Caráter é um conjunto de características e traços relativos à maneira de agir e de reagir de um indivíduo ou de um grupo. É um feitio moral. É a firmeza e coerência de atitudes.

    O conjunto das qualidades e defeitos de uma pessoa é que vai determinar a sua conduta e a sua moralidade, o seu caráter. Os seus valores e firmeza moral definem a coerência das suas ações, do seu procedimento e comportamento.

    O que é falha de caráter:
    As falhas de caráter são características naturais do ser humano. Errar faz parte do desenvolvimento e é graças aos erros que muitas de nossas aprendizagens, e mesmo evolução como pessoas, acontece. A falha está relacionada com consciência e busca sincera por mudanças.

    Manipulação:
    Tentar convencer alguém a pensar ou fazer algo de maneira diferente são coisas completamente diferentes de manipular pessoas a fazerem coisas que elas, se estivessem em plena consciência de seus atos, talvez não fizessem. A manipulação é um comportamento egoísta, uma vez que tira o direito de escolha do outro, e mostra falta ou total ausência de consideração pelo outro. O manipulador sempre visa driblar vontades e regras para favorecimento pessoal.

    Esse CÂNCER que atrapalha o BRASIL,
    NÃO TEM VERGONHA NA CARA,
    NÃO TEM CARÁTER e representa tudo o que há de pior em um ser humano.

  4. sexta-feira, 20 de julho de 2018 – 9:03 hs

    esse cara não se convence que é um bandido condenado?

  5. PIMENTA PURA
    sexta-feira, 20 de julho de 2018 – 10:11 hs

    A imprensa tambem tem suas parcelas de culpa no caso do Lula.
    O sujeito é um preso comum e não me interessa se o cara é um
    ex ou deixa de ser. É um condenado perigoso e preso. É bom parar
    de jogar pólvora no fogo porque se o cara abre ou fecha o olho a
    imprensa informa; se vai ao banheiro, idem… Esqueçam o bandido
    e bola pra frente !!!

  6. sexta-feira, 20 de julho de 2018 – 10:56 hs

    FALA SÉRIO??????…QUEREM ENTREVISTAR UM CONDENADO,,????????????????????????????

  7. Juca
    sexta-feira, 20 de julho de 2018 – 15:19 hs

    Entrevista com o capeta no inferno não precisa de autorização. É só o vagabundo amarelar a sola do pé que está liberado!

  8. quinta-feira, 6 de dezembro de 2018 – 11:27 hs

    Questão simples decide-se sózinho, monocraticamente. Mas um recurso especial de repercussão nacional, um dos mais esperados nos últimos tempos, com teses e questões unicamente de direito, é possivel decidir sózinho e negar tudo?? Engraçado que no caso de visitas a presos na sede da PF a decisão foi para submeter ao órgão colegiado para decidir em conjunto. Quem está administrando isso?? Nunca vimos um decano desse porte fugir de qualquer julgamento. Muito estranho…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*