Quanto o governo gastou com viagens para a Copa? | Fábio Campana

Quanto o governo gastou com viagens para a Copa?

Fora o custo das viagens, a União gastará cerca de R$ 10 milhões para promover o país durante o evento – com outdoors e shows de artistas brasileiros, por exemplo.
O governo federal e empresas públicas do país enviaram pelo menos 43 pessoas à Rússia a trabalho, para participar de atividades relacionadas à Copa do Mundo. Mas o contribuinte brasileiro que quiser saber quanto foi gasto com diárias, passagens de avião e hospedagem dos servidores públicos terá dificuldades: dos cinco órgãos que mandaram representantes à Rússia, só a Embratur informou os custos detalhados da viagem. As informações são da BBC Brasil

Desses nomes, só é possível saber com certeza os custos da viagem de seis deles: a presidente da Embratur, Teté Bezerra (ex-deputada federal pelo MDB-MT), e as cinco pessoas que foram com ela à Rússia. Eles receberão entre R$ 11,6 mil e R$ 8,4 mil em diárias cada e se hospedam em hotéis da rede Ibis.

O grupo também gastou R$ 85 mil em passagens, com os valores individuais oscilando entre R$ 16,1 mil e R$ 13,6 mil. Os valores foram informados pela Embratur à BBC News Brasil, por meio da assessoria de imprensa.

E quanto às viagens dos demais servidores? Até agora, nem os profissionais da ONG Contas Abertas, dedicada a fiscalizar o orçamento público, conseguiram encontrar informações completas sobre diárias e passagens: a forma como elas foram disponibilizadas no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) impede que se saiba com certeza a qual viagem se referem os valores.

“O gestor público deveria entender que o cidadão é um parceiro na fiscalização do gasto. E antes de tudo é um direito – o cidadão está pagando a conta e tem o direito de saber. Não importa se vai ou não resolver o déficit público de R$ 159 bilhões, mas é preciso saber para onde estão viajando os funcionários”, diz Gil Castello Branco, fundador da ONG.

Fora o custo das viagens, a União gastará cerca de R$ 10 milhões para promover o país durante o evento – com outdoors e shows de artistas brasileiros, por exemplo.


Um comentário

  1. JÁ ERA...
    quinta-feira, 5 de julho de 2018 – 6:56 hs

    As contradições e as incertezas bateram forte no Brasil. Enquanto
    as pesquisas fajutas demonstram números mentirosos dos índices
    de criminalidade, pobresa, desemprego… o país gasta horrorosamen-
    te milhões oficialmente em um evento como a Copa enquanto por
    aqui continua morrendo gente a cada segundo…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*