Bornhausen costura Alvaro e Alckmin | Fábio Campana

Bornhausen costura Alvaro e Alckmin

Jorge Bornhausen, imaginem, volta à cena ressurgido dos extintos para a política para costurar um entendimento entre Alvaro Dias e Alckmin. Sua missão é espinhosa. Deve convencer Alvar de que sua candidatura é natimorta e que o melhor caminho para ele seria reforçar a de Geraldo Alckmin, com quem chegaria ao poder em condições de arrebatar valioso premio.

Alvaro balança, embora ainda esteja convicto de que tem chances. Aceitaria a vice? Tudo bem, mas Alckmin acredita que precisa de um nome de Minas Gerais para reforçar sua candidatura. Ou seja, Bornhausen tem que convencer Alvaro a ceder tudo agora para receber algo só depois que Alckmin for eleito, o que ainda é uma pesada dúvida.


Um comentário

  1. Marcia Candido
    terça-feira, 17 de julho de 2018 – 14:17 hs

    Em outubro a eleição do Alckmin trará calma e possibilidade de reformas e crescimento, ele é o mais preparado para assumir a presidência.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*