Temer nomeia novo diretor financeiro de Itaipu | Fábio Campana

Temer nomeia novo diretor financeiro de Itaipu

A Itaipu Binacional tem novo diretor financeiro executivo. O Diário Oficial da União, edição desta sexta-feira (1° de junho), traz o decreto do presidente Michel Temer que nomeia para a função Mário Antônio Cecato. O decreto, assinado na quarta-feira, dia 30, estabelece que o mandato do novo diretor será até 16 de maio de 2022. A função de diretor-financeiro executivo estava vaga desde que o titular, Marcos Stamm, passou ao cargo de diretor-geral brasileiro de Itaipu, em abril deste ano.

Mário Antônio Cecato é especialista em Administração Pública. Graduação em Ciências Contábeis pela FAE- Faculdade de Administração e Economia, é pós-graduado em Administração Pública pela Universidade Tuiuti do Paraná. Servidor efetivo do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE) desde abril de 1993, na área de auditoria e fiscalização, ele já ocupou a função de diretor de Contas Municipais e, atualmente, era analista de Controle do TCE.


3 comentários

  1. Marcelo
    sábado, 2 de junho de 2018 – 9:32 hs

    Parabéns ao Cecato, mas na reportagem faltou dizer que a vaga como todos conheciam era do Dep. Joao Arruda (genro Joel Maluceli) PMDB PR sobrinho “ brigado “ com o tio Requião.

    AQUELE QUE IRIA ABRIR A CAIXA PRETA DA BI-NACIONAL

    Cecato é cunhado do Delazari “ lulinha” ( ex-secretario de segurança do Requião) atual assesssor do Senador. Aquele que abriu mão de permanecer nos quadros do MP e pediu exoneração para permanecer secretário. Pelo jeito valeu a pena.
    Faltou dizer sobre o nomeado, hábil negociador com prefeitos, muito útil em ano eleitoral e onde não se aplica a lei de licitações.
    Mas uma indicação TÉCNICA do governo Temer.

  2. Erasmo de Paula Machado
    sábado, 2 de junho de 2018 – 20:06 hs

    A Itaipu nomeia um dos melhores quadros do serviço público do Paraná para comandar sua Diretoria Financeira.
    Cecato é preparado, experiente e muito equilibrado.

  3. Olho Aberto Paraná
    segunda-feira, 4 de junho de 2018 – 9:22 hs

    Seria esta uma possibilidade de “paz” entre Requião e Temer? Ou uma possível aliança entre os PMDBs do país? “nomeia meu chegado que paro de bater em você”. Xaxaxaxaxaxa

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*