Reforma trabalhista no STF | Fábio Campana

Reforma trabalhista no STF

Está na pauta do STF ações protocoladas por diversos sindicatos de trabalhadores contra alterações da reforma trabalhista.
Entre os pontos contestados está o fim da contribuição sindical obrigatória. Os sindicatos alegam que extinguir a cobrança, além de inviabilizar suas atividades, é ilegal porque o imposto só poderia ser extinto por meio da aprovação de uma lei complementar e não uma lei ordinária, como foi aprovada a reforma.

(Foto: Nelson Jr/SCO/STF )


4 comentários

  1. Palpiteiro
    quinta-feira, 28 de junho de 2018 – 10:15 hs

    A turma nomeada por Dilma e Lula deve manter o jabá da pelegada saprófita.

  2. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 28 de junho de 2018 – 10:24 hs

    -Acho que antes de se cogitar uma reforma trabalhista a ser julgada no STF, o próprio STF deveria ser realizada uma faxina completa: demissão e/ou exoneração de pelo menos alguns ministros!!!

  3. ÍNDIO GUARÁ
    quinta-feira, 28 de junho de 2018 – 10:39 hs

    Esse é o choro dos corruptos que perderam a teta….lembra bem a marchinha de carnaval….Mamãe eu quero…M…Mamãe eu quero mamar…..vão trabalhar cambada de vagabundos encostados nas costas dos trabalhadores com falsos sindicatos que só tem um interesse, defender os dirigentes dos sindicatos…kkkkkk sai azar…pessoal vamos assinar os abaixo assinados da internet contra essa falcatrua.

  4. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 28 de junho de 2018 – 11:13 hs

    Está na hora de conhecermos os ministros melancias, cuja aparência externa é verde mas conservam o vermelho por dentro. Os velhos amigos do PT, do MST, da CUT e outros que tais.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*