Promotor poeta | Fábio Campana

Promotor poeta

Valmir Soares Santos, promotor de Justiça da 15.ª Promotoria de Justiça Criminal de Brasília, encaminhou curioso pedido à Justiça. Seu objetivo era pedir a extinção da punição de um réu acusado de furto, que morreu durante o processo.
Fez isso em verso: “O promotor denunciou / o processo andou / a Defensoria Pública peticionou / e a triste notícia da morte chegou”.
O promotor já havia desfilado pelas manchetes de jornais quando inventou o “Princípio Lula” para pedir a um juiz que soltasse um homem preso preventivamente acusado de roubo. Na época, março deste ano, o STF concedeu salvo-conduto ao ex-presidente para que ele não fosse preso enquanto o habeas corpus não fosse julgado.

 

 


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*