Moro em Mônaco com a realeza | Fábio Campana

Moro em Mônaco com a realeza

No último final de semana, o juiz Sergio Moro deu uma voltinha por Mônaco. Foi o homenageado na quarta edição do Brasil Mônaco Project.
Entre os compromissos sociais, um jantar, um leilão beneficente e um concerto na Opera Garnier, que assistiu do camarote real ao lado do príncipe Albert II.
A relação da Lava Jato com Mônaco foi lembrada, em 2015 a operação Conexão Mônaco contou com a ajuda da justiça do principado, descobriu grana do ex-diretor da Petrobras Jorge Luiz Zelada por lá e o prendeu.

(Foto: Leonardo Benassatto/Reuters)


4 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 5 de junho de 2018 – 11:15 hs

    É a nobreza brasileira em todo o seu esplendor. Pompa e circunstância. Talvez a monarquia judiciária seja a solução para o Brasil, com um procurador como primeiro-ministro. Ave, César! Morituri te salutant!

  2. Tonho
    terça-feira, 5 de junho de 2018 – 11:35 hs

    Graças ao trabalho do fisco as operações desmonte de quadrilheiros avançara. vai até o fim..

  3. Tupi
    terça-feira, 5 de junho de 2018 – 12:50 hs

    Tão amarrando o bichão direitinho !

  4. Aprigio Fonseca
    terça-feira, 5 de junho de 2018 – 13:32 hs

    Principe Albert,parece nome de condomínio chique,que lastima heim Juiz,como é que cuida de tantos processos viajando direto,será que le 250 mil paginas em questão de minutos ou julga aquilo que achar que não vem ao caso.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*