Moro anula interrogatório de Carlos Nasser | Fábio Campana

Moro anula interrogatório de Carlos Nasser

O Antagonista

Sergio Moro anulou a validade de um interrogatório feito pela força-tarefa da Lava Jato em Curitiba com Carlos Felisberto Nasser, ex-assessor da Casa Civil de Beto Richa, informa a Época.

O juiz federal considerou que Nasser não foi avisado sobre o direito de permanecer em silêncio, uma vez que foi formalmente acusado. Mas acrescentou que a ilicitude do interrogatório não afeta a continuidade das investigações.

Como O Antagonista publicou na semana passada, a relação de Moro com os procuradores de Curitiba já teve momentos melhores.


6 comentários

  1. Levi
    sexta-feira, 8 de junho de 2018 – 21:41 hs

    Tucanaoooo

  2. Aprigio Fonseca
    sexta-feira, 8 de junho de 2018 – 23:20 hs

    Moro vai amolecer pro Beto Richa,é um juiz com carimbo tucano na testa.

  3. Petrus
    sábado, 9 de junho de 2018 – 18:00 hs

    Com isso, ao contrário do que pensam os desprovidos de conhecimentos jurídicos, Moro prejudicou Beto, pois se não anulasse o depoimento, o STJ anularia todo o processo, daqui uns 3 anos!
    Moro é um juiz técnico, de modo que esse tipo de mancada do MPF não passa pelo crivo do competente magistrado!
    Precisa ver POR QUÊ o MPF cometeu essa nulidade! Incompetência não pode ser!!

  4. Paolo
    sábado, 9 de junho de 2018 – 18:06 hs

    Se o MPF não avisou o depoente do Direito de Permanecer em Silêncio o interrogatório É NULO! Ou seja, alguém tentou ajudar Beto, mas o juiz interrompeu a manobra, caso contrário tudo dali para diante seria anulado!

  5. Luci Menin
    sábado, 9 de junho de 2018 – 19:23 hs

    Alguém ainda tem dúvidas do motivo? Vai vendo.

  6. Paulo Roberto Jardim Nocchi
    sábado, 9 de junho de 2018 – 21:35 hs

    Hi…… o Sérgio Moro amoleceu? Sera que o tucanato vai passar de lizo? Aí não da pra acreditar no Juiz.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*