Moro anula interrogatório de Carlos Nasser | Fábio Campana

Moro anula interrogatório de Carlos Nasser

Sergio Moro anulou a validade de um interrogatório feito pela força-tarefa da Lava Jato em Curitiba com Carlos Felisberto Nasser, ex-assessor da Casa Civil do ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), informa a coluna Expresso.
Moro entendeu que o interrogatório é inválido porque Nasser não foi advertido do direito de permanecer em silêncio, uma vez que foi formalmente acusado. “A advertência do direito ao silêncio é condição de validade do interrogatório na fase de investigação ou na fase judicial. […] Não estando a advertência do direito ao silêncio expressa nem no termo de interrogatório, nem na degravação efetuada, não pode ser suprida por prova testemunhal como pretende o MPF. Então, defiro o requerido pela defesa de Carlos Felisberto Nasser e declaro a ilicitude do interrogatório na fase de investigação de Carlos Felisberto Nasser por falta de advertência do direito ao silêncio. A prova não será considerada por este juízo e será desentranhada dos autos”, afirmou Moro no despacho.
O juiz, porém, disse que a ilicitude do interrogatório não afeta a continuidade da investigação contra Nasser, já que há outras provas contra ele.


4 comentários

  1. Petrus
    segunda-feira, 11 de junho de 2018 – 12:16 hs

    Tem espertinho aí achando que Moro está protegendo Richa!
    Ledo engano!
    A nulidade do tal interrogatório seria declarada nos tribunais superiores, com prejuízo a tudo que tivesse sido feito a partir do ato, o que beneficiaria os réus!
    Estranha esse “erro” primário do MPF!!!
    Dá a impressão que foi de propósito!

  2. Aprigio Fonseca
    segunda-feira, 11 de junho de 2018 – 13:45 hs

    Isso se chama empurrar com a barriga até o sujeito ter imunidade ai ele joga para ser julgado em 2050.um canalha,

  3. Mimi
    segunda-feira, 11 de junho de 2018 – 14:49 hs

    Brimo, brimo . . .

  4. Juca
    terça-feira, 12 de junho de 2018 – 10:37 hs

    Olha aí o Aparecido Sérgio Silvestre, vulgo SS Calça Frouxa atacando outra vez. Muda o nome mas não muda o vocabulário. Agora o SS Calça Frouxa virou Aprigio Fonseca! Que falta de imaginação e pouca prática!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*