Juiz doidão | Fábio Campana

Juiz doidão

Ricardo Lewandowski: “São tantas as incongruências e inconsistências nas delações premiadas que elas se tornam imprestáveis para sustentar qualquer condenação”.
Augusto Nunes: “Ricardo Lewandowski, ministro da Segunda Turma do STF, ao tentar justificar a absolvição de Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo e Ernesto Kugler, insinuando que merecem cadeia os que se atreveram a revelar as delinquências da trinca de meliantes”.


5 comentários

  1. quinta-feira, 21 de junho de 2018 – 12:49 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

  2. Aprigio Fonseca
    quinta-feira, 21 de junho de 2018 – 13:57 hs

    Claro que se fosse a absolvição do Paulo Preto ,Aécio e outros tucanos eu nem comentaria né Augusto canalha,

  3. quinta-feira, 21 de junho de 2018 – 13:57 hs

    Lewandovski é mais um protetor de corruptos petistas ou aliados que o bandido Lula colocou no STF

  4. BETO PRAIA
    quinta-feira, 21 de junho de 2018 – 13:57 hs

    NÃO tem vergonha na cara,
    NÃO tem responsabilidade nem compromisso com a verdade dos fatos,
    NÃO tem respeito para com o cidadão de bem que sabe que o PT é uma grande mentira e que afundou o Brasil nos últimos 15 anos e principalmente,
    NÃO tem amor a sua própria família pois se tivesse NÃO deixaria essa bandida solta.

    Que vergonha senhores Ministros.

  5. FUI !!!
    quinta-feira, 21 de junho de 2018 – 14:00 hs

    Este e toda a turma do STF não valem o que comem. São um
    bando de vagabundos que falam difícil e estão lixando para os
    brasileiros.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*