Em frangalhos | Fábio Campana

Em frangalhos

O que não retorna com facilidade é a confiança dos brasileiros nas instituições em frangalhos – e não adianta achar que garante o contrário o fato de elas estarem funcionando como se normalidade existisse –, economia ainda engasgada e atividade política em descrédito absoluto. Saídas para esse tripé agonizante deveriam concentrar o debate nacional, quanto mais a quatro meses das eleições. Mas estão longe de frequentá-lo.


Um comentário

  1. Palpiteiro
    segunda-feira, 11 de junho de 2018 – 10:29 hs

    As instituições, elas mesmas se desmoralizaram em todos os poderes e em todos os níveis. Corrupção, compadrio, corporativismo, nepotismo, salários de marajás, auxílios de rodo tipo (moradia, creche, clube, faculdade, golfe…). Um país de instituições podres e obesas. Um povo frouxo e covarde.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*