Em dois meses, Cida liberou R$ 2,5 bilhões | Fábio Campana

Em dois meses, Cida
liberou R$ 2,5 bilhões

Nos últimos 60 dias, a governadora Cida Borghetti liberou R$ 2,5 bilhões para obras de infraestrutura de transporte, melhorias urbanas, saneamento, construção de prédios públicos e habitação, entre outros. “Em 60 dias, atendemos os 399 municípios do Paraná e temos vários anúncios ainda para fazer”, disse Cida num encontro que reuniu prefeitos do norte pioneiro no Palácio Iguaçu,

“Recebemos o Estado com as contas em dia e estamos fazendo os investimentos necessários para a ampliar a qualidade de vida dos paranaenses, pois o foco da nossa gestão é na melhoria da vida das pessoas. Só com prefeituras, são 1.001 convênios assinados, que representam R$ 535 milhões em obras e ações de melhoria urbana nas nossas cidades”, destacou a governadora ao relatar convênios da Secretaria do Desenvolvimento Urbano.

Cida também destacou os convênios firmados entre prefeituras e a Secretaria de Infraestrutura para pavimentação de vias urbanas e rurais. Em 60 dias, foram formalizadas parcerias com 27 municípios, para projetos que somam R$ 171 milhões. “Buscamos as ferramentas para atender as demandas das cidades. As pessoas devem ser tratadas de igual maneira, sem distinção”, ressalto.

O Estado também destinou R$ 50 milhões para a construção de prédios públicos, delegacias, unidades da PM e bombeiros, centros de socioeducação e regionais de saúde. Para a infraestrutura rodoviária, foram destinados R$ 1 bilhão para obras de modernização, manutenção e conservação da malha estadual que tem 12 mil quilômetros. “Temos obras iniciadas e licitadas que atendem todas as regiões do Paraná. Um dos projetos mais emblemáticos deste pacote de obras vai acontecer na PR-323, que será totalmente modernizada”, destacou Cida.

(foto: Orlando Kissner/ANPr)


9 comentários

  1. quinta-feira, 7 de junho de 2018 – 12:14 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

  2. quinta-feira, 7 de junho de 2018 – 12:31 hs

    Ontem no3º andar do Palácio Iguaçu, o deputado Romanelli, que não é bobo e nada, já estava a mesa da governadora com 16 prefeito de sua base eleitoral, e disse que ainda tem mais 25 outros para a próxima reunião. Só alegria, na sala de espera o que se ouvia era aplauso e mais aplauso para o deputado, alias para a governadora.

  3. Falido e sem um pila
    quinta-feira, 7 de junho de 2018 – 13:14 hs

    Caneta cheia na mão e em pleno uso eleitoreiro da máquina .Assim caminha a Famiglia Barros/Borgheti tentando os dois dígitos na próxima pesquisa.
    Traduzindo, comprando apoios de deputados e prefeitos. Nada de NOVO na política brasileira. Apenas o VELHO costume do uso indevido do dinheiro público.

  4. O cara
    quinta-feira, 7 de junho de 2018 – 13:48 hs

    Vendo essa famílias de aproveitadores sanguessugas usufruindo o nosso dinheiro para fazer politicagem para se perpetuarem no poder dá. Até nojo fiquei sabendo que compraram o marco brasil que até estes dias era ratinho por um milhão de real sabe com qual dinheiro com o nosso.

  5. joao batista alves da costa
    quinta-feira, 7 de junho de 2018 – 14:14 hs

    Se liberou é porque tinha.

  6. mario cezar
    quinta-feira, 7 de junho de 2018 – 14:28 hs

    Isso porque o Beto, deixou o estado em boas condiçãoes financeira!

  7. quinta-feira, 7 de junho de 2018 – 21:30 hs

    É CLARO Q O DINHEIRO DA DATA-BASE Q ELA E O BETO, NEGARAM PARA O FUNCIONALISMO PÚBLICO, ESTÃO FAZENDO CAMPANHA, E AINDA + OS R$ 10,00 DO VIDA PICARETAS-PARANÁ.

  8. quinta-feira, 7 de junho de 2018 – 21:36 hs

    ESTÃO FAZENDO CAMPANHA ANTECIPADA COM O NOSSO DINHEIRO, E A DATA-BASE FOI NEGADA, E MAIS OS R$ 10,00 DO VIDA PICARETAS-PARANÁ.

  9. Professor Paulinho
    sexta-feira, 8 de junho de 2018 – 9:50 hs

    Não basta ser a esposa do Barros, ela precisa estar sempre bem acompanhada. Este ao seu lado não é o ex ministro do Collor de Mello, aquele dos escândalos das bicicletas e dos guarda chuvas? Que foi deputado federal e prefeito de uma cidade do interior do estado, onde acabou com o fundo de pensão dos funcionários públicos, os deixou vários meses sem salários e entregou de “brinde” a rodoviária da cidade para o Giacobo explorar? Acho que é Alceni Guerra o nome da fera. kkkkkkkk

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*