Após o recesso, duas semanas para votação da reforma tributária | Fábio Campana

Após o recesso, duas semanas para votação da reforma tributária

O deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), relator da reforma tributária na Câmara, afirma que o Congresso só terá duas semanas após o recesso parlamentar para votar as mudanças de impostos. Se isso não acontecer, segundo ele, tudo voltará à estaca zero. Isso porque, com o fim da legislatura, os trabalhos da Câmara terão de ser refeitos no próximo ano. Haverá nova composição de comissão especial, novo relator, novas negociações com secretários de Fazenda e outras. Hauly diz receber incentivos do presidente Michel Temer, que adoraria ver a reforma tributária aprovada ainda em sua gestão. As informações são de Murilo Ramos na Época.


Um comentário

  1. Gustavo Reis
    segunda-feira, 25 de junho de 2018 – 9:20 hs

    Se for para manter os impostos em 40 % do PIB que o nobre deputado fique em casa de pijama.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*