Campanha de Alckmin imita claque de Bolsonaro | Fábio Campana

Campanha de Alckmin imita claque de Bolsonaro

A estratégia da campanha de Geraldo Alckmin de usar claques para recepcionar o pré-candidato nos aeroportos não foi uma decisão unânime. Uma parte avaliou que copiar Jair Bolsonaro (PSL) era um erro por causa das diferenças entre os dois concorrentes. Mas prevaleceu a posição da parte que considerou que valia repetir a receita, pois o ex-capitão do Exército teria muito menos “jogo de cintura” e “carisma”. Os críticos temem repetir 2006, quando Alckmin usou uma jaqueta com slogans de estatais para tentar conter críticas do PT ao discurso privatista. As informações são da Coluna do Estadão.

O primeiro vídeo de Alckmin sendo recebido aos gritos de presidente em aeroportos foi divulgado anteontem nas redes sociais do PSDB. A cena foi gravada pela equipe do tucano no desembarque do aeroporto de Brasília.


4 comentários

  1. Ademir
    sexta-feira, 15 de junho de 2018 – 9:21 hs

    Claque foi o que arrajaram para o Alckmim ! Jair Bolsonaro não possui ” claque”, é apoio maciço ESPONTÂNEO e gratuito do povo brasileiro por onde passa , nenhum outro pré candidato consegue isso!

  2. Marcia
    sexta-feira, 15 de junho de 2018 – 14:29 hs

    Geraldo merece todo esse carinho. As pessoas fazem questão de prestigiá-lo porque ele fez um excelente trabalho em São Paulo. E fará também pelo Brasil a partir de Janeiro. Ele sim trabalhou muito nesses 40 anos de vida pública. Geraldo será o nosso próximo presidente.

  3. ÉMELHORJAIRSEACOSTUMANDO
    sexta-feira, 15 de junho de 2018 – 16:10 hs

    O pior é saber que isso foi ideia de algum marqueteiro pago a preço de ouro, tentar ciar uma situação que tá na cara que é armação com a claque do PSDB, não tem nada de espontâneo. Isso tá igual ao desempenho dele apontado nas pesquisas realizadas no estado de São Paulo. Já não é a primeira coisa que eles tentam copiar do candidato Bolsonaro… para que tá feio..

  4. Dude
    sábado, 16 de junho de 2018 – 1:12 hs

    É tão grotesco e digno de pena, que chega a ser engraçado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*