Calvário da Gleisi | Fábio Campana

Calvário da Gleisi


Absolvida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça (19), a senadora Gleisi Hoffmann, do PT, tenta fazer passar a ideia de que está livre de processos e investigações sobre corrupção. Não é verdade. Ela é alvo de outras duas denúncias do Ministério Público Federal e de uma investigação da Polícia Federal (PF). Em nenhum desses três casos, ela foi tornada ré. Seu calvário continua.

O episódio mais recente apura irregularidades no Ministério do Planejamento. A PF investiga um esquema envolvendo a empresa Consist com empréstimos consignados no âmbito da pasta. Segundo investigações que começaram na Lava Jato em Curitiba, a Consist pagava propina a políticos pela obtenção dos contratos de empréstimo. Além de Gleisi, o ex-ministro da pasta, o petista Paulo Bernardo – marido da senadora – também está entre os investigados.


7 comentários

  1. antonio carlos
    quarta-feira, 20 de junho de 2018 – 18:39 hs

    KKK depois da vitória de ontem a Crazy pode dormir tranquila, não se elege senadora mas se elege deputada, o que dá quase na mesma. A cinquentona tirou o dela e o do maridão da reta.

  2. quarta-feira, 20 de junho de 2018 – 19:53 hs

    ELA ESTA FELIZ POIS O PARAIZO PREPARADO PARA ELA PELO GRANDE DESERVICO,PRESTADA POR ELA,A PAPUDA A RECEBERA RADIANTE E FELIZ,SERA A. MIS PAPUDA, ATE ISTO COMBINA COM ELA,,,,

  3. JÁ ERA...
    quinta-feira, 21 de junho de 2018 – 7:19 hs

    Apesar de tantos acertos da Lava Jato a sensação de impunidade
    ainda paira no ar. Claro que em algumas situações pontuais como
    este ganho da Gleisi e Bernardo no STF não significa que a dupla
    está livre de outros processos que ainda estão em andamento. Es-
    pero que sejam condenados e que passem um bom tempo vendo o
    sol nascer quadrado !!!

  4. CAÇADOR DE VERMES PETISTAS
    quinta-feira, 21 de junho de 2018 – 8:01 hs

    CANALHA.

  5. Louise
    quinta-feira, 21 de junho de 2018 – 8:21 hs

    Há uma certa loucura no ar, a justiça processa pessoas e não famílias. Ela é casada com PB, mas jamais irão responder, um pelos atos do outro, querem a comunhão de bens também no código penal?

  6. EEdson
    quinta-feira, 21 de junho de 2018 – 10:55 hs

    Ela não foi absolvida! Quebraram o galho dela e do marido! Colocaram panos quentes em cima do caso! Afinal, cada político quer indicar seu ministro do Supremo para quê? “A toa? É igualzinho na Venezuela, só que por baixo dos panos!

  7. PREDADOR DE LESA -PÁTRIA
    quinta-feira, 21 de junho de 2018 – 12:23 hs

    UMA QUESTÃO QUE NÃO ESTÁ CLARA : PORQUE PAULO BERNARDO ESTÁ SENDO JULGADO COM FÓRUM PRIVILEGIADO SE ELE NÃO TEM ESTE DIREITO ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*