Cabral pede para não andar mais na caçamba de carros da PF | Fábio Campana

Cabral pede para não andar mais na caçamba de carros da PF

Os advogados de Sergio Cabral encaminharam ao juiz Marcelo Bretas pedido para que o cliente não seja mais transportado na carroceria dos carros da Polícia Federal e sim no banco do carro.
O argumento: além de ele merecer o mesmo tratamento de outros presos do mundo dos chiques e famosos como Eduardo Cunha e Antônio Palocci, o ex-governador tem artrose no joelho direito e viajar na caçamba lhe causa muita dor.
O pedido é para a viagem entre o complexo de Bangu até a Justiça Federal, cerca de 55 Km em que ele fica “com as pernas flectidas em ângulo ortopedicamente anômalo”, segundo sua defesa.

(Foto: EBC)


3 comentários

  1. CAÇADOR DE VERMES PETISTAS
    terça-feira, 5 de junho de 2018 – 13:13 hs

    A jogada de Cabral foi bem pensada.
    Arrolou como testemunha a PRESIDIÁRIO LULA.
    Como o Condenado fez parte de toda a roubalheira com Cabral ao sediar as Olimpíadas no rio de janeiro, obviamente ficará difícil o PRISIONEIRO FICHA SUJA depor contra Cabral e depondo contra estará apoiando o ladrão.

    Situação esta difícil par o verme petista.

  2. jackson
    terça-feira, 5 de junho de 2018 – 17:13 hs

    Manda ele perguntar quanta dor sentiram as pessoas que ficaram horas e dias nas filas dos hospitais do Rio pq os mesmos não tinham recursos e nem pessoal para atender. Vá te catar, vagabundo, filho da…

  3. Lessa
    quinta-feira, 7 de junho de 2018 – 11:31 hs

    Engraçado! Esse filho da mãe dele, quando roubava descaradamente, nunca sentiu dor nenhuma!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*