A busca por trabalho | Fábio Campana

A busca por trabalho

Alguns pontos levantados pelo editorial “Em busca de trabalho” da Folha de S. Paulo desta segunda-feira, 11, chamam a atenção. Nos últimos meses, a taxa de desocupação estacionou perto dos 13% da população ativa – mais de 13 milhões de brasileiros. Hoje, 44% dos que tem entre 14 e 17 anos e 28% dos que tem entre 18 e 24 anos não conseguem um lugar no mercado, o dobro dos percentuais verificados antes da crise de 2014.

Estudo da consultoria McKinsey indica que entre 3% e 14% da população mundial precisará se reinventar na próxima década para se adaptar à nova realidade da produção, no que promete ser a transição mais rápida da história. É nesse contexto que o Brasil precisará buscar políticas públicas para a qualificação da mão de obra e a geração de emprego. Contar apenas com a retomada do crescimento não dará conta do problema.


Um comentário

  1. FUI !!!
    terça-feira, 12 de junho de 2018 – 6:00 hs

    Para toda a população que busca trabalho nesta faixa etária é
    desalentador a situação do nosso país e o pior, para os outros é
    desesperador. O Brasil piorou demais nos últimos cinco anos e os
    governantes sugaram tanto o nosso dinheiro que hoje só nos resta
    rezar…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*