Vamos pagar R$2 bilhões para financiar a eleição de 2018 | Fábio Campana

Vamos pagar R$2 bilhões para financiar a eleição de 2018


Os 35 partidos políticos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) faturaram mais de R$260 milhões com o Fundo Partidário apenas nos primeiros quatro meses do ano e garantiram mais de R$2 bilhões para nadar em dinheiro (público) nas eleições. É que o Fundo Partidário não inclui os cerca de R$1,8 bilhão do “fundão eleitoral”, criado para bancar as campanhas milionárias sem a doação empresarial, proibida por lei. A informação é do jornalista Cláudio Humberto, colunista do Diário do Poder.

Com R$35 milhões, o PT tem a maior fatia do Fundo Partidário porque a divisão se baseia na eleição de 2014 e não no pífio resultado de 2016

PSDB de Aécio (R$28,5 milhões) e o MDB de Temer (R$27,7 milhões) completam o trio que mais recebe dinheiro do Fundo Partidário.

Os 10 maiores partidos vão receber 73% do valor do fundão eleitoral e a tendência será manter a enorme diferença entre grandes e nanicos.


4 comentários

  1. Laertes Marcondes Lopes
    domingo, 13 de maio de 2018 – 20:00 hs

    No Paraná ja estamos pagando para o Ricardo Barros, fazer politicagem as custas do estado.

  2. Sandor
    domingo, 13 de maio de 2018 – 21:36 hs

    Pra quem? Esse dinheiro vai para fora do país?
    Eu gostaria que fosse 10 bilhões. Eleição gera empregos e distribui renda. Aquece o mercado especializado. Tem que parar de demonizar esse fundo. Se esse dinheiro ficasse na conta dos políticos tudo bem mas é usado para pagar todos os serviços da eleição ou seja cabos eleitorais, gráficas, publicidade, O que é isso se não é distribuição de renda?

  3. JÁ ERA...
    segunda-feira, 14 de maio de 2018 – 7:11 hs

    É este o nosso país do paradoxo onde falta de tudo em todos os
    níveis enquanto as leis permitem este tipo de aberração financeira.
    Os políticos pensam somente nestas benesses e os pré candida-
    tos sonham em um dia estar usufruindo de tudo que a lei maldita
    lhe permite. Na verdade tudo isto é um roubo oficializado ou car-
    tão corporativo eleitoral…

  4. Xurupita
    segunda-feira, 14 de maio de 2018 – 14:14 hs

    Por isso não devemos votar em ninguém do PT, PSDB e MDB. Faltou mencionar na notícia o único partido que já está tomando ações concretas para diminuir a corrupção, o partido NOVO, que não faz uso do fundo partidário e busca meio legais de devolver esse dinheiro para os cofres públicos. Seus vereadores eleitos reduziram suas verbas de gabinete. Espero que este partido eleja muitos deputados e que o candidato a presidente suba nas pesquisas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*