'Vai parar o tempo que for preciso', diz líder da categoria em Curitiba | Fábio Campana

‘Vai parar o tempo que for preciso’, diz líder da categoria em Curitiba

Os caminhoneiros que bloqueiam as rodovias no entorno de Curitiba não percebem no horizonte uma possibilidade de liberação dos trechos em que estão nas BR-116, BR-277, BR-376 e BR-476. Em entrevista coletiva, na manhã deste domingo, Plínio Dias, presidente do Sindicato dos Caminhoneiros de São José dos Pinhais e secretário geral da Fenacam (Federação Nacional dos Transportadores), disse que o caminhoneiro está acostumado a ficar na estrada e que ficará parado o tempo que for preciso. As informações são da Banda B.

“Decidimos continuar parados. Nós aceitamos receber uma proposta do governo, que foi rejeitada por unanimidade. Estamos abertos para novos diálogos, para que venha uma proposta coerente, para tirar os nossos caminhoneiros do sufoco. Enquanto isso, ficamos aqui, sem prazo determinado. O caminhoneiro é acostumado a ficar na estrada e não vai sair daqui”, descreveu Plínio.


6 comentários

  1. Ein Sof
    domingo, 27 de maio de 2018 – 17:06 hs

    Rezando para que apareça um candidato à presidência que priorize as ferrovias.
    E que ganhe as eleições.
    Para ferrar com esse povo.

  2. Loise
    domingo, 27 de maio de 2018 – 17:56 hs

    Fora Parente!

  3. domingo, 27 de maio de 2018 – 19:15 hs

    Nao e só a greve dos caminhoneiros e de todo Brasil serio, do ainda resta de bom neste Pais

  4. domingo, 27 de maio de 2018 – 22:35 hs

    eu quero perguntar pra este animal que naceu com diarreia cerebral chamado ei EIN SOF se o trem vai nas fazendas buscar o leite ou as frutas os legumes se vai na lavoura buscar a soja o milho o arroz o feijão tim que ser animal enfalo como voce pra falar uma besteira desta tinha qe ser porco mesmo

  5. VISIONÁRIO
    segunda-feira, 28 de maio de 2018 – 8:19 hs

    Doa a quem doer, mas o momento é este. Ou vai ou racha porque
    pior não fica. Os brasileiros precisam saber que brincar com uma
    nação é crime hediondo e todos os governantes praticam este crime
    imaginando que ninguem vai chegar neles. Triste é uma nação em
    que a grande maioria prioriza apenas o seu bem estar esquecendo
    que patriotismo e cidadania pratica-se todo dia… Acorda Brasil !!!

  6. segunda-feira, 28 de maio de 2018 – 10:42 hs

    Ein Sof, tua ignorância é de causar espanto. Sou um caminhoneiro, vivo do trabalho com caminhão e reconheço que o Brasil, erradamente, alicerçou de modo preferencial, a movimentação de seus bens produzidos em cima de rodovias.
    Leia, raciocine se tiveres capacidade de entender, o que de modo bem simples, mas bem claro, o que o Cícero Alves postou.
    Tenho lido algumas postagens tuas, e é direito teu expressar teu pensamento, mas que algumas vezes chega a ser ridículo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*