Sobre o foro privilegiado | Fábio Campana

Sobre o foro privilegiado

Há hoje no Supremo Tribunal Federal 399 investigações e 86 ações penais contra senadores e deputados. Se o foro por prerrogativa de função cair, boa parte disso se espalhará por outras instâncias, o que não garante agilidade nos processos, mas ao menos dá uma sensação diferente aos espectadores da política nacional.


2 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 2 de maio de 2018 – 11:35 hs

    Mais da metade dos protegidos pelo foro especial são magistrados e membros dos MPs de todas as instâncias. Serão também expurgados do privilégio ou alguns cidadãos são bem iguais que os outros?

  2. Djair
    quarta-feira, 2 de maio de 2018 – 13:44 hs

    Magistrados também deveriam perder foro privilegiado, ou seja não deveria nem existir foro,porque só assim seria respeitado a igualdade de direitos prevista na constituição.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*