Sem telemarketing | Fábio Campana

Sem telemarketing

Finalmente uma boa notícia. Está proibido o uso de telemarketing para propaganda eleitoral.
Na verdade, a regra do TSE é válida desde 2014, mas foi contestada há pouco tempo pelo PTdoB com a alegação que a proibição fere a liberdade de expressão dos candidatos.
Edson Fachin, relator do caso, não entendeu assim e ele e outros sete ministros do TSF votaram pelo fim do incômodo.


2 comentários

  1. Ein Sof
    sexta-feira, 4 de maio de 2018 – 9:35 hs

    “foi contestada há pouco tempo pelo PTdoB com a alegação que a proibição fere a liberdade de expressão dos candidatos.”

    Ah sim, liberdade de expressão.
    E o nosso direito ao sossego, o direito a não sermos incomodados?
    Isso não conta?
    São os partidos políticos adotando a mentalidade dos idiotas que andam com escapamentos abertos em motocicletas, ou com som alto (quanto mais alto o som, pior a música tocada), que acham bonito ser idiota e retardado, incomodando os outros com ruídos e com merdas, por ser ‘direito’ deles. Estes dias reclamei para um idiota que incomodou durante a noite com o escapamento alto da motocicleta, que não me deixou dormir. Precisavam ver! O retardado ficou louco, queria agredir-me e veio falar de ‘direitos’!
    Todo mundo neste país esquece que o seu direito termina onde
    começa o direito do outro.
    Em suma, é um povo que não tem nem mesmo o mais tênue verniz de civilização. É uma ralé, uma gentalha.
    Por isso estamos nesta merda.

  2. Ein Sof
    sexta-feira, 4 de maio de 2018 – 10:56 hs

    E quando falo de ralé e gentalha, não estou falando de gente pobre, miserável, chulezenta, fedorenta.
    Não estou qualificando como ralé alguém atingido por fatores sócio-econômicos desagradáveis.
    É um estado mental.
    É um estado de espírito.
    Tem muito rico que usa perfumes caros, roupas de grife, anda de Lamborghini (só para citar um exemplo de marca de automóvel), e é ralé, gentalha, patuleia.
    Exemplos: os irmãos Batista da JBS, o Fernando Collor… o Lula, a Gleisi… e muitos, muitos outros…
    Existe muita ralé e gentalha nos governando… Existe muita ralé e gentalha mandando na gente.
    Existe muita ralé e gentalha que aparece de forma brilhante na mídia, ditando modas, comportamentos, ideias (se é que o que eles apresentam pode ser chamado de ideias), etc.
    Para refletir…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*