Se zerar impostos do combustível, como fica a conta? | Fábio Campana

Se zerar impostos do combustível, como fica a conta?

Quem fez as contas foi a equipe de José Serra: se o governo resolver zerar PIS/Cofins e a Cide dos combustíveis deixa de arrecadar R$ 28 bilhões em um ano, o equivalente a um ano do orçamento do Bolsa Família.
A comparação entre os dois orçamentos também foi feita pela equipe.


7 comentários

  1. Palpiteiro
    segunda-feira, 28 de maio de 2018 – 9:52 hs

    Onde estão os governadores covardes e falidos, cujos estados quebrados cobram altíssimos impostos nos combustíveis.

  2. BETO PRAIA
    segunda-feira, 28 de maio de 2018 – 10:23 hs

    Basta criar frentes de trabalho e a bolsa esmola passa a desaparecer.
    O Petismo mantém a bolsa miséria como garantia de voto cabresto. Já foi comprovado que país que alimenta o populismo da nisso. Greves, crise econômica, alienação mental e quebradeira.

    Políticos safados.

  3. segunda-feira, 28 de maio de 2018 – 10:47 hs

    Ontem o dia todo não vi nenhuma referência à greve no Paraná, A Globo só mostrava São Paulo e Rio de Janeiro… Aeroporto só mostrava o de Brasília, de Curitiba nada! Estou na praia e não vi Noticias da Globo sobre o Paraná. O Sul que não é Maravilha é diferente?

  4. Ein Sof
    segunda-feira, 28 de maio de 2018 – 10:49 hs

    Só fica a pergunta:quem pagará a conta?

  5. Willian
    segunda-feira, 28 de maio de 2018 – 10:58 hs

    É só acabar com o bolsa familia então, vão trabalhar bando de vagabundos, bolsa miséria eterniza a pobreza!!!

  6. Zé Povinho
    segunda-feira, 28 de maio de 2018 – 10:59 hs

    KKKK isto só podia ter vindo deste tucanalha, agora vem com esta demagogia de que esta “renúncia fiscal” daria dois orçamentos do Bolsa Família, como se este tucanalha se importasse com pobre. Canalha.

  7. BETO PRAIA
    segunda-feira, 28 de maio de 2018 – 13:12 hs

    Zé Povinho

    Somente existe alguns caminhos pra sair da pobreza:

    Estudando, ralando muito objetivando proporcionar uma vida digna a nossa família através do TRABALHO.

    Diferente é querer se perpetuar na cachaça, na vadiagem e vivendo de bolsa miséria.

    O problema de você é exatamente esse, ficar vivendo as custas de esmola, de populismo.

    Vai trabalhar cara e pare de se preocupar com pobre aliás, a pobreza de espírito é a pior que existe.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*