Petroleiros devem parar por tempo indeterminado | Fábio Campana

Petroleiros devem parar por tempo indeterminado

Os 14 sindicatos ligados à Federação Única dos Petroleiros (FUP) estão realizando assembleias ao longo do dia para receber as últimas orientações em relação à greve de advertência que será iniciada amanhã e termina em 72 horas. Se as reivindicações não forem atendidas, a FUP pretende realizar uma greve por tempo indeterminado com parada de produção, que será decidida em 12 de junho.

Petroleiros do litoral paulista aprovaram greve por tempo indeterminado, na manhã desta terça-feira. De acordo como diretor da FUP Simão Zanardi, a expectativa é de grande adesão à greve e a carta enviada pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente, não deve surtir nenhum efeito nos empregados. “A credibilidade dele (Parente) está muito em baixa, tanto entre os empregados como no mercado. Se ele desvincular os preços do mercado internacional quebra um acordo com o mercado”, observou.

>> CUT e mais cinco centrais sindicais anunciam apoio aos petroleiros

A greve tem como principais reivindicações o fim da venda de ativos da Petrobras; o aumento do volume processado pelas refinarias da estatal; e o fim da política atual de preços.

“Hoje estamos refinando 1,2 milhão de barris por dia (b/d) e podiam ser 2 milhões, a capacidade das refinarias da Petrobras”, explicou o diretor ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado. “Com isso o Brasil passou de 40 empresas importadoras de combustível para 300. Se aumentar o refino aqui não precisa vender as refinarias”, afirmou.


7 comentários

  1. eleitor atento
    terça-feira, 29 de maio de 2018 – 18:10 hs

    O BRASIL apoia …

    As principais reivindicações do Petroleiros: o fim da venda de ativos da Petrobras; o aumento do volume processado pelas refinarias da estatal; e o fim da política atual de preços.

    A PETROBRÁS é do povo brasileiro !

  2. jose silva
    terça-feira, 29 de maio de 2018 – 18:53 hs

    OS PETROLEIROS PODERIAM PEDIR PARA TEREM 13 SALARIOS POR ANO , EM VEZ DOS 20 SALARIOS QUE RECEBEM POR ANO .

  3. NA CORDA BAMBA
    quarta-feira, 30 de maio de 2018 – 6:25 hs

    O Brasil chegou realmente no fim do poço. De um lado estamos
    saindo de um quadro grave de desabastecimento geral e com o
    preço dos combustíveis nas alturas e do outro lado quem extrai e
    refinam o petróleo. Parece piada mas é a triste situação dos dois
    caras que conversam desanimados, um dizendo que só sobrou
    “m” pra comer e o outro pergunta, será que vai sobrar um pouco
    ainda !?

  4. quarta-feira, 30 de maio de 2018 – 8:59 hs

    CUT/PT sendo oportunistas para aparecer. A PETROBRÁS é do povo brasileiro por isso é o povo que PAGA a CONTA e o Salário Alto dos Petroleiros e do Sindicato CUT- Petista! Vamos povo Pagar a Conta dessa raça de chupim, já que a PETROBRÁS é Nossa !

  5. BETO PRAIA
    quarta-feira, 30 de maio de 2018 – 9:27 hs

    O PT e o MST ESTÃO POR TRÁS DE TODA ESTA DESGRACEIRA QUE ESTA ACONTECENDO NO BRASIL.

  6. ESTAMOS DE OLHO
    quarta-feira, 30 de maio de 2018 – 11:14 hs

    QUER SABER DE UMA COISA,ESTE MOVIMENTO DE GREVE
    E POLITICO NAO VE QUEM NAO QUER E ALIAS PORQUE O
    GOVERNO NAO PRIVATIZA DE VES ESTA ESTROVENGA QUE
    SEMPRE E UTILIZADA DE CABIDE PARA COMTEMPLAR SEMPRE
    APADRINHADOS DE OCASIAO E NUNCA POR MOTIVOS TECNICOS
    E APROVEITE E PRIVATIZE A ELETROBRAS E OS CORREIOS FICA
    A DICA.

  7. Gustavo Reis
    quarta-feira, 30 de maio de 2018 – 12:01 hs

    O Brasil NÃO APOIA a greve dos marajas da Petrobras.
    Monopólio que não resulta em nenhum benefício para a população.
    Acorda Brasil.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*