Paulo Preto e a delação | Fábio Campana

Paulo Preto e a delação

Dizem por aí que Paulo Preto começou a pensar sobre delação premiada. Como as investigações estão a avançar rapidamente, as identificações de contas no exterior e dinheiro, muito muito dinheiro, atribuídos a ele não devem tardar, isso faz com que o operador do PSDB pense em chegar antes dos agentes e abrir o jogo.

(Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)


3 comentários

  1. Ein Sof
    quarta-feira, 9 de maio de 2018 – 12:53 hs

    Diarreia nervosa agora em São Paulo…
    Parece até epidemia!
    Tem um chuchu, um cara que parece o Mr. Burns do Simpsons, e um outro senhor boca-mole que pensa que é príncipe de alguma coisa, que devem ter comprado já um bom estoque de fraldas…
    kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Ein Sof
    quarta-feira, 9 de maio de 2018 – 12:54 hs

    Alguém chega perto e pergunta: ‘Que cheiro é este?’
    E eles respondem:
    ‘É nervosismo’.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 10 de maio de 2018 – 11:07 hs

    -Na minha visão, delação premiada funcionaria da seguinte maneira:
    1)Estando o acusado sentado em uma cadeira de madeira, no meio de uma sala escura e com um potente refletor em sua cara!!!
    2)Faz-se as perguntas rotineiras, em caso de negativa de resposta: faz outra pergunta ao acusado: Ou você fala o que sabe, ou vai sair desta sala todo quebrado???
    -É assim que funciona com bandido!!! Qualquer bandido entende esta linguagem!!! E quanto ao grupelho dos DH…apanham junto para párar de atazanar!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*