O preço do dólar | Fábio Campana

O preço do dólar

Às dez e meia da manhã, o real bateu a marca do pior desempenho diário entre as moedas globais. O recorde é consequência da alta do dólar, que chegou a R$ 3,7760.
Especialistas do mercado financeiro reclamam por uma falta de atuação do Banco Central: “O discurso do BC de que o movimento do dólar está alinhado ao exterior tem um limite. Seria prudente atuar (com mais firmeza) para conter a volatilidade. O movimento de alta do dólar está muito rápido”, na avaliação de um operador da corretora H.Commcor Cleber Alessie Machado.
No que isso afeta sua vida, leitor? Aguarde uns dias.


Um comentário

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 18 de maio de 2018 – 14:22 hs

    Vai ficar caro para os donos da grande mídia e outros megaempresários irem e virem todas as semanas nos seus jatinhos ultramodernos para Miami e a Suíça. E as dívidas da mídia poderosa em dólar vão fazer a fúria contra o governo nos telejornais. Vão ter que tentar outro golpe à mexicana. Sorte dos mexicanos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*