O foro privilegiado e a vingança do pipoqueiro | Fábio Campana

O foro privilegiado e a vingança do pipoqueiro

A discussão no Supremo, que ainda não acabou mas que já pavimentou a pista para que apenas deputados e senadores percam foro privilegiado, fez os parlamentares se concentrarem no assunto por outro ângulo: querem aprovar projeto que tire a prerrogativa de juízes e procuradores.
A vingança, no entanto, ficará para a próxima formação do Congresso já que os parlamentares estão impedidos de alterar a Constituição até 31 de dezembro, quando encerra o prazo da intervenção no Rio.


Um comentário

  1. JÁ ERA...
    sexta-feira, 4 de maio de 2018 – 7:18 hs

    Em um ponto os ministros do STF ganharam com folga. Trata-se
    da capacidade de discursar “looooongamente” sobre um assunto
    obvio e para dar um simples voto. O famoso jurisdiques tomou conta
    destes caras e com certeza precisam entrar no plenário com sonda
    vesical porque senão…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*