Montadoras paralisam produção | Fábio Campana

Montadoras paralisam produção

A greve dos caminhoneiros entrou no quinto dia e Volvo, Volks e Renault, na região metropolitana de Curitiba, tiveram que parar a produção por falta de peças.
Os foram dispensados e aguardam em casa o chamado para voltarem ao trabalho.

(Foto: Divulgação/Renault)

 


Um comentário

  1. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 24 de maio de 2018 – 13:41 hs

    A prova da laranjice dos caminhoneiros grevistas é que alguém deve estar pagando a vadiagem dos dias parados. Caminhoneiros autônomos tem contas a pagar, famílias para sustentar e vivem do seu trabalho. Laranjas e sindicalistas vivem à custa do trabalho alheio.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*