Governo vai zerar Cide para reduzir preço do diesel | Fábio Campana

Governo vai zerar Cide para reduzir preço do diesel

Em meio aos protestos de caminhoneiros que paralisaram estradas em todo o País, o governo anunciou nesta terça-feira, 22, um acordo com o Congresso para baixar o preço do óleo diesel. A solução apresentada foi zerar a cobrança da Cide (uma tarifa que incide sobre os combustíveis) para o óleo diesel, o que deve provocar uma perda de R$ 2,5 bilhões de receita para o governo. Em troca, os parlamentares aprovariam o projeto que acaba com a desoneração da folha de pagamento para alguns setores, o que renderia R$ 3 bilhões para os cofres públicos.

O problema é que, mesmo com esse anúncio, os caminhoneiros prometeram continuar as paralisações. A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), que coordena os protestos, diz que a solução apresentada não resolve o problema, já que a Cide representa apenas 1% dos 27% de peso que os tributos têm no preço do diesel. “Vai reduzir no máximo uns R$ 0,05 do litro do diesel”, disse a associação, em nota.

Os protestos foram motivados pelos sucessivos aumentos no preço dos combustíveis, fruto da nova política da Petrobrás de atrelar os valores do mercado interno às cotações internacionais do petróleo. Como a commodity está em alta (saiu de menos de US$ 50 o barril em julho do ano passado para cerca de US$ 80 agora), o diesel, assim como a gasolina, tem subido no mesmo ritmo. As informações são do Estadão.


4 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 23 de maio de 2018 – 10:42 hs

    Os gigolôs dos combustíveis são os estados federados que cobram de 18 a 30% de ICMS sobre o preço do combustível. O Paraná, p.ex., cobra o maior percentual de ICMS sobre o querosene de aviação, fazendo com que as aéreas não mantenham mais rotas no estado, onde se situa a segunda maior atração turística do Brasil: Foz. Aliás, o abominável ex-governador das neves, que governou o estado de olho no retrovisor, institui as maiores alíquotas de ICMS da galáxia, sobre energia e telecomunicações. Ideias de jerico, do atraso de burocratas para sustentar salários e mordomias do alto barnabelato.

  2. Jose
    quarta-feira, 23 de maio de 2018 – 11:50 hs

    uma coisa eu digo, os caminhoneiros não deve parar a greve, agora onde estão os proprietarios de veiculos que nao aderem tambem, serão beneficiados, CAMINHONEIROS VÃO EM FRENTE.
    já os que não estão aderindo a greve, tomem vergonha na cara, levem pelo menos uma garrafa de aguá para os estão.

  3. Valdir bassai
    quarta-feira, 23 de maio de 2018 – 12:20 hs

    Ue o Brasil não é auto suficiente na produção de petróleo.

  4. QUESTIONADOR
    quarta-feira, 23 de maio de 2018 – 12:50 hs

    -O GF quer que o povo pague pela corrupção da Petrobrasil!!!
    -R$ 0,05 de corte no preço, não significada nada!!! Melhor os economista reverem os cortes de impostos com mais dedicação, caso contrário, a população vai “descer o sarrafo” !!!
    -Outra questão: porque não privatizar esta m…da de empresa??? Só serve para corrupção, empreguismo políticos e quem paga a conta? O povo é claro!!! Chega de estado se intrometendo em tudo na vida do cidadão!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*