Gleisi Hoffmoney | Fábio Campana

Gleisi Hoffmoney

Gleisi Hoffmann é capa da revista Crusoé. A reportagem é de Felipe Coutinho, que conta, entre outras, que “A senhora dos milhões” como a chama, é o principal alvo de um relatório de 165 páginas da Polícia Federal que investiga desvios no Ministério do Planejamento na época em que seu marido, Paulo Bernardo, comandava a pasta. Desta vez, R$ 5,3 milhões em propinas e caixa 2, diz Coutinho.
A matéria também fala de um apartamento, frente para o mar, de 123 metros quadrados que está em nome de Gleisi e que não parece declarado em sua relação de bens.
Ao longo do texto estão esmiuçados quatro pontos centrais: grana desviada da Petrobras (ré no STF por receber R$ 1 milhão desviado da estatal); integrante do ‘quadrilhão’ (compõe com Lula, Palocci e Mantega ‘quadrilhão’ que desviou recursos da Petrobras); propina do Odebrecht (ela e Lula receberam 40 milhões de dólares da Odebrecht, R$ 3 milhões foram direto para seu caixa 2) e roubo dos aposentados e caixa dois aéreo (desvio de comissões de empréstimos consignados de aposentados operados pelo Ministério do Planejamento lhe beneficiou em R$ 1 milhão e recebeu R$ 300 mil da TAM).


Um comentário

  1. Estadista da Silva
    sexta-feira, 18 de maio de 2018 – 18:32 hs

    Ela e o amante irão gastar a grana onde? Na cadeia? Fala mulher!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*