Evangélico pode parar as atividades nas próximas semanas | Fábio Campana

Evangélico pode parar as atividades nas próximas semanas

Sob intervenção da Justiça do Trabalho desde 2014, com dívidas de R$ 320 milhões, sem repasses da Secretaria de Saúde e com o adiamento do leilão que ocorreria hoje, o Hospital Evangélico pode paralisar as atividades “por horas, dias e até definitivamente”, segundo documento entregue à justiça pelo administrador judicial Ladislau Zavadil Neto.
A salvação para o caso é o leilão e um novo dono. O leilão foi adiado porque o leiloeiro oficial precisou de mais tempo para fazer o levantamento de bens e valores e ainda não há nova data.
Referência em processos de alta complexidade e atendimento emergencial, o Evangélico atende em média 1.100 pessoas por dia, 95% pelo SUS.

(Foto: Divulgação)


15 comentários

  1. roberto novaes
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 10:18 hs

    A Faculdade Evangélica também vai a leilão, com 700 alunos e a Mackenzie interessadíssima nesta aquisição.

  2. Ein Sof
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 10:29 hs

    Lembrem que tudo isso tem um culpado, um indivíduo.
    O estranho é que não vejo ninguém falar nele…

  3. segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 11:30 hs

    HOSPITAL QUE SEMPRE SERVIU DE TRAMPOLIM PARA POLITIQUEIROS!!!
    ISSO PODE ARNALDO???

  4. Ein Sof
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 11:43 hs

    Isso mesmo Beto Fuscão.
    E a crise pela qual ele passa tem um só culpado.
    O engraçado é que o nome dele nunca aparece.

  5. Veredito
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 11:47 hs

    Apontem os nomes dos responsáveis por este fato lamentável, os coloque nas mãos do Juiz Sergio Moro, mas não deixem o Evangélico parar suas atividades em nome da população de Curitiba. São milhares de atendimentos médicos com absoluto sucesso e outro tanto estão em suas unidades internados. Não se pode cruzar os braços e assistir os noticiários dando conta desta tragédia e não fazer nada. Cida,Beto Richa, Temer, Ducci, seja lá quem for mexam-se pois o fechamento deste hospital é a falência dos politicos e administradores públicos do Paraná. Pensem nisto com responsabilidade.

  6. Ein Sof
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 12:03 hs

    Veredito, todos sabem como este descalabro começou.
    Inclusive, há anos atrás, eu via o nome deste senhor na mídia, relacionado com isto.
    Depois, sumiu.
    É como se o Evangélico tivesse caminhado sozinho para a perdição…

  7. tadeu rocha
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 12:32 hs

    PARA HOSPITAL CLARO QUE NÃO TEM DINHEIRO, VAI PARA PARA VENEZUELA, COMO ESTA INDO POUPANÇA DOS BRASILEIROS, ABRE OLHO … PRIMEIRO SALVAR A VENEZUELA, QUE VERGONHA QUE ESSE PT FEZ, AINDA COLOCA LULA EM PRIMEIRO LUGAR.

  8. segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 13:07 hs

    Ein sof e Veredito, que tal dar nome aos bois?

  9. segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 14:26 hs

    CARO VEREDITO, O DEPUTADO FEDERAL QUE SEMPRE FEZ O HOSPITAL EVANGÉLICO DE CAVALO PARAGUAIO MORAVA NA RUA VISCONDE DE GUARAPUAVA. E, CERTO DIA RECEBEU A VISITA DA POLICIA FEDERAL.
    DEPUTADOS DE SEGUIMENTOS EVANGÉLICO QUE SEMPRE ELEGEM VÁRIOS DEPUTADOS TANTO ESTADUAL COMO FEDERAL. INCLUSIVE, TEM UM JAPONÊS EVANGÉLICO, QUE OCUPA A BASE ELEITORAL PROSTITUTA DESSE DEPUTADO QUE FOI VISITADO EM SEU LUXUOSO APARTAMENTO PELA POLICIA FEDERAL.

  10. Ein Sof
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 14:43 hs

    Tadeu Rocha, informe-se melhor antes de opinar.
    Não está indo para salvar a Venezuela (não de forma direta).
    Está indo para pagar a garantia que a Dilma deu para empréstimos da Venezuela e Moçambique em bancos internacionais.
    Seria pior para o país não honrar este compromisso.

    Sim, eu sei que é uma baita sacanagem. Não concordo também.
    Odeio o PT. Odeio o Lula. Mas você tem ideia das consequências para o Brasil caso não fosse honrado o compromisso?

    Antes de colocar em ação uma indignação desinformada e prejudicial (é o que mais vejo), informe-se.

  11. segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 16:55 hs

    O Evangélico até as sombras sabem quem foi que o quebrou né…

  12. Fátima Souza
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 17:21 hs

    Isso sim é triste e lamentável, descaso com a saúde e com o ser humano.

    Esses políticos safados que estão no poder e nada fazem, não merecem e não podem ganhar nosso voto.

  13. Mario Lopes Filho
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 19:49 hs

    Está na mídia e a Justiça deveria acusar o culpado.
    Justiça nomeia novos interventores do Evangélico – Contraponto
    “20 de nov de 2017 – Pelo Hospital Evangélico responde Ladislau Zavadil Neto e pela escola o médico Paulo Eduardo Carneiro.
    O ovo da serpente pode ser encontrado nas mais de duas décadas em que hospital e faculdade estiveram sob a direção do ex-deputado André Zacharow (foto). Ele é apontado como principal responsável pela bancarrota. Foi diretor por 23 anos, de 1988 a 2011, quando foi deposto pela própria SEB – mas talvez já tarde demais.
    Durante o período em que administrou as instituições se elegeu várias vezes deputado federal por partidos diferentes e é acusado de ter misturado suas ambições políticas com fundos e serviços do Evangélico.”

  14. Ein Sof
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 21:18 hs

    Isso mesmo, Pedro Primitivo Girardi.

  15. Ein Sof
    terça-feira, 8 de maio de 2018 – 19:02 hs

    Mario Lopes Filhos, chegou aonde eu queria chegar.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*