Estudo de Luiz Fernando Pereira baliza tese de elegibilidade de Lula | Fábio Campana

Estudo de Luiz Fernando Pereira baliza tese de elegibilidade de Lula

Painel, Folha de S. Paulo

Diante das informações de que ministros do TSE buscam uma forma de rejeitar a inscrição de Lula na corrida presidencial de ofício, sem dar margem para discussão, a direção do PT começou a levantar casos de candidatos que disputaram eleições com registros indeferidos e depois, escolhidos pelo voto, reverteram a inelegibilidade. O estudo, conduzido pelo advogado Luiz Fernando Pereira, usa dados a partir de 2002 e vai sustentar a ofensiva retórica do partido nas ruas e nos tribunais.

O PT sabe que será difícil encontrar apoio à causa, especialmente porque o ministro Luiz Fux, que estará no comando do Tribunal Superior Eleitoral em agosto, quando haverá o registro de candidaturas, já deu declarações que indicam posição contrária à inscrição de Lula.

Pereira sustenta tese segundo a qual o que existe hoje em relação ao ex-presidente é uma inelegibilidade provisória. Com base no material colhido pelo advogado, o partido produzirá campanhas com o mote “Lula será exceção à regra?”.


22 comentários

  1. carlao
    domingo, 20 de maio de 2018 – 15:16 hs

    nesse caso se o lula for eleito vai comandar o pais de dentro da prisão

  2. Petrus
    domingo, 20 de maio de 2018 – 15:20 hs

    Pereirinha, meu fio! Não me faça pegar nojo!!!!

  3. Paolo
    domingo, 20 de maio de 2018 – 15:22 hs

    Conta outra, Pereirinha!!!

  4. Andressa.
    domingo, 20 de maio de 2018 – 18:13 hs

    Otimo que isso aconteça,ai as forças armadas tomam o poder, e colocam toda essa corja na cadeia. Vamos torcer que isso aconteça.

  5. PEDROCA DO SUDOESTE
    domingo, 20 de maio de 2018 – 18:17 hs

    Mais um advogado, ganhando uns bons trocados, para tentar tirar LEITE DE PEDRA. Quer iludir é a petezada e seus pupilos e amiguinhos. Maioria sabe que o hómi está inelegível.

  6. Lima
    domingo, 20 de maio de 2018 – 18:47 hs

    olha o chutinho dele Pereirinha….fraquinho fraquinho

  7. Simões
    domingo, 20 de maio de 2018 – 19:25 hs

    Se existe uma classe cuja moral e a ética morrem na sola do sapato e esta de “adevogados”.

    Este cara não tem o que fazer não. Deve estar levando uma grana daquelas escondidas pelo luladrao.

    Vai procurar o que fazer em vez de vir com essa tese furada sem base PORRA.

  8. Carlos Ernandes
    domingo, 20 de maio de 2018 – 19:27 hs

    O país dos advogado$ que interpretam as firulas legais. O texto da lei é clara: o preso é inelegível

  9. domingo, 20 de maio de 2018 – 19:32 hs

    Se existe uma classe sem moral e ética é esta de “adevogados”. Estas duas qualidades moram na sola do sapato com eles.

    Vai procurar o que fazer em vez de vir com ezta tese furada sem base. Quanto esta levando do nosso dinheiro escondido pelo PT?

  10. Xeroque Rolmes
    domingo, 20 de maio de 2018 – 20:13 hs

    Faço a mesma pergunta: Lula será a exceção à regra?

  11. Carlos Delano
    domingo, 20 de maio de 2018 – 21:07 hs

    Esse cara vive de migalhas dos candidatos de esquerda, agora achou mais uma mentira p aparecer. Literalmente advogado de porta de cadeia! Ou melhor, de porta da PF!

  12. Magnus Ulisses
    domingo, 20 de maio de 2018 – 22:11 hs

    A credibilidade do jornal “Foice de São Paulo”, para mim, é nula.

  13. Dude
    domingo, 20 de maio de 2018 – 23:20 hs

    Em direito, há tese para tudo e há jurisprudência para todo mundo. Se assim não fosse, seria matemática, e não direito.

    Sobre publicar tese a favor do criminoso fundando, se você esstá recebendo um bom dinheiro para dar um parecer, é óbvio que vai fazê-lo (e mesmo que se saiba que a origem desse dinheiro não é lá muito republicana).

    Agora… Haja paciência pra aguentar esse moleque desse filho do Mário Pereira aí. Em tudo que é assunto esse cara mete o nariz. É “especialista” em direito criminal, processual, eleitoral, previdenciário, tributário, trabalhista, internacional, de família, etc.

  14. Dude
    domingo, 20 de maio de 2018 – 23:24 hs

    Em direito, há tese para tudo e há jurisprudência para todo mundo. Se assim não fosse, seria matemática, e não direito.

    Sobre publicar tese a favor do criminoso fundando, se você está recebendo um bom dinheiro para dar um parecer, é óbvio que vai fazê-lo (e mesmo que se saiba que a origem desse dinheiro não é lá muito republicana).

    Agora… Haja paciência pra aguentar esse moleque desse filho do Mário Pereira aí. Em tudo que é assunto esse cara mete o nariz. É “especialista” em direito criminal, processual, eleitoral, previdenciário, tributário, trabalhista, internacional, de família, etc.

  15. B.Russel
    segunda-feira, 21 de maio de 2018 – 7:19 hs

    Essa síndrome do “meu bandido de estimação” não precisa de nenhum Freud para explicar: é tirar a mortadela.

  16. Paulo Tadeu Macedo Neves
    segunda-feira, 21 de maio de 2018 – 7:26 hs

    Pereirinha, você é o verdadeiro advogado do DIABO.

  17. BETO PRAIA
    segunda-feira, 21 de maio de 2018 – 8:08 hs

    Pro inferno seus vagabundos.
    Esse LIXI esta inelegível e mais, ROUBOU, quebrou o Brasil.
    PRO INFERNO SEUS DESGRAÇADOS.

  18. segunda-feira, 21 de maio de 2018 – 8:40 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

  19. Recruta Zero
    segunda-feira, 21 de maio de 2018 – 9:52 hs

    Mais um vendedor de ilusões.

  20. Moisés Fróes
    segunda-feira, 21 de maio de 2018 – 10:19 hs

    Para dar crédito a essa fraude e baboseira só podia ser a corruPTista Folha/SP r esse moleque corruPTista também.

  21. segunda-feira, 21 de maio de 2018 – 13:28 hs

    Se continuar assim eles os Politicos vão acabar duros,,iguais a certos jogadores de futebol..

  22. ACarlos
    terça-feira, 22 de maio de 2018 – 14:59 hs

    Se temos uma coisa do que nos orgulhar em Pindorama é a nossa incrível capacidade encontrar chifre em cabeça de cavalo. E os nossos advogados são mestres nesta matéria, de reinventadores da roda. O “mestre” cita um caso de 2002, bem anterior à Lei da Ficha Limpa, mas devemos sempre ter em mente que o cara é pago para chegar às conclusões que chegou. Eu se também fosse contratado para salvar o 51 da cadeia não diria coisa diferente, então o que o “mestre” diz não tem valor, na verdade tem, ele cobrou para chegar a tão brilhante conclusão.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*