Enquanto isso no Facebook… | Fábio Campana

Enquanto isso no Facebook…

… Rafael Greca tenta mostrar à população que está solidário aos moradores do entorno da Polícia Federal em Curitiba. Fez uma enumeração dos atos da Prefeitura em relação ao caso ao afirmar que “os curitibanos não podem cumprir pena junto com o ex-presidente Lula” e que a decisão para isso só depende da Justiça.
A última ação, data do dia 05 de maio, quando a Prefeitura reuniu “todas as queixas de tumultos e perturubação da ordem pública no telefone 156 e os boletins de ocorrência de conflitos entre manifestantes e moradores, e requereu o restabelecimento da multa pela utilização de som acima do limite legal e quantidade de tendas superior ao acordado, nos termos dos R$ 500 mil/dia fixados anteriormente”.

 

 

 


5 comentários

  1. Uncle Joe 100
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 14:19 hs

    Mas pelo visto tanto a choradeira do prefeito quanto o berreiro dos moradores do bairro não estão sensibilizando a JF. Até quando vamos viver esta bizarrice que é o tal acampamento? E por mais quanto tempo o 51 vai ficar nesta moleza de cela principesca? Tanto a JF, o MPF e a PF vão manter o 51 do jeito que ele está, não chegou ainda o tempo de mandarem o 51 puxar cana em cela comum, porque do jeito que está o cara pensa que não está puxando cana, mas sim dando um “tempinho”, já se esqueceram que ele foi condenado a puxar mais de 12 de cana?

  2. Ein Sof
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 14:25 hs

    Muito bem, Greca, especialmente a parte em que você fala em ignorância e má fé cínica.

  3. Ein Sof
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 15:58 hs

    Já que o assunto é barulho e incômodo….
    Se algum vereador estiver lendo, peço uma coisa: um projeto de lei para proibir a venda e uso de fogos de artifício que produzem ruído.

  4. segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 16:51 hs

    TERÇA JÁ VEM GEADA E ZERO GRAÚ..SAEM TODOS CORRENDO;;;

  5. PitBull
    segunda-feira, 7 de maio de 2018 – 21:18 hs

    Manda o Lularápio prá PIRAQUARA

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*