Depois de décadas, um parnanguara será secretário de Estado | Fábio Campana

Depois de décadas, um parnanguara será secretário de Estado

O presidente da UGT, Paulo Rossi, é o novo Secretário do Trabalho do Paraná. Ele tomará posse hoje, em Curitiba, no Dia Internacional do Trabalho. Rossi nasceu em Paranaguá, tem 47 anos, e é o primeiro secretário oriundo do mundo do trabalho. É também o primeiro parnanguara a assumir uma Secretaria de Estado depois de décadas. Rossi estava nas contas dos apoiadores de Ratinho Jr para o governo estadual. Agora passa às fileiras de Cida Borgheti. Sua missão será a interlocução com os movimentos sociais e o setor produtivo, buscando ampliar o ambiente na melhoria das condições de trabalho e geração de empregos.


18 comentários

  1. Uncle Joe 100
    terça-feira, 1 de maio de 2018 – 12:02 hs

    Santa demagoga a dona Cida, ainda bem que fica só até o fim do ano caso contrário morreríamos de suportar tanta demagogia.

  2. terça-feira, 1 de maio de 2018 – 12:18 hs

    SINDICALISTA????KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

  3. Marco Nascimento
    terça-feira, 1 de maio de 2018 – 12:24 hs

    Isso aí Cida, tem que quebrar está aristocracia política

  4. Aguirre
    terça-feira, 1 de maio de 2018 – 12:36 hs

    O indicado é sindicalista. Então é lícito supor que o cronista ao descreve-lo como “oriundo do mundo do trabalho”, apenas comete uma metáfora.

  5. Fala sério
    terça-feira, 1 de maio de 2018 – 12:42 hs

    Perdeu meu voto. Sindicalistas são parasitas.

  6. Carlos Ernandes
    terça-feira, 1 de maio de 2018 – 12:42 hs

    Eles não têm limites..

  7. Fernando
    terça-feira, 1 de maio de 2018 – 15:41 hs

    Sindicalista que anda de importado, vendido… .tem gravações de whatsapp falando mal de candidatos em grupos….uma hora a casa cai…

  8. Lucão
    terça-feira, 1 de maio de 2018 – 19:08 hs

    Mas hoje foi no movimento pró Lula;

  9. ELEITOR INTELIGENTE
    terça-feira, 1 de maio de 2018 – 22:18 hs

    Esse cara é PT…..Governadora ai não.

  10. Luiz Mendonça de Lima
    terça-feira, 1 de maio de 2018 – 23:00 hs

    Sou empresário e tive o orgulho de estar na posse do secretário Rossi na tarde de hoje. Conheço-o e sei da sua capacidade de articulação, além de ser o melhor orador da nova equipe de governo. A Cida mostrou mais uma vez porque é uma pessoa que merece fazer um bom governo e se reeleger. Pra mim que atuo na área empresarial ela mandou a seguinte mensagem: Não podemos aceitar radicalismos da direita e da esquerda. Precisamos de todas as correntes de pensamentos em favor do desenvolvimento do Paraná! Parabéns pela escolha, Cida.

  11. tadeu rocha
    quarta-feira, 2 de maio de 2018 – 8:04 hs

    GOVERNADORA ENQUANTO AS REGIONAIS TUDO PV, ALGUMAS PT, VOCE NÃO SE MECHE., ISSO PARA DEPOIS,

  12. Maquiavel
    quarta-feira, 2 de maio de 2018 – 8:24 hs

    Secretário Sindicalista, amigão do Ney, da executiva do partido do Ratinho.

    Precisa dizer mais?

  13. quarta-feira, 2 de maio de 2018 – 8:41 hs

    GERAÇÃO DE SINDICALISTAS PROSTITUTOS SÃO CAPAZ DE TUDO TCHÊ!!!

  14. APENAS PARA EXPLICAR
    quarta-feira, 2 de maio de 2018 – 8:51 hs

    De difícil compreensão!
    Paulo Rossi foi leal soldado de Ney Leprevost em 2016, fazendo o papel de mestre de cerimônias das reuniões do candidato, descendo a lenha no atual prefeito Rafael Greca que era aliado de Cida Borghetti.
    Alguém pode explicar o que significa essa suruba política?
    Afirmar que o grupo de Ratinho Junior está se “vendendo” aos Barros por poucas moedas de dinheiro é pura molequice, mas que é difícil entender isso é.
    Ter um sindicalista na secretaria de trabalho é estranho. A relação dos trabalhadores com sindicato é péssima.
    Paulo Rossi é um daqueles que é contra ao fim da contribuição sindical e até entrou na justiça contra isso.
    Como diz aquele apresentador novato chamado Senor Abravanel:
    ” Já voltamos, aguardeeeeeeem!!!!

  15. André Ribeiro Adamovisk
    quarta-feira, 2 de maio de 2018 – 11:05 hs

    Excelente escolha da Cida! Pessoa trabalhadora e competente o o paulo Rossi.

  16. MOSTRE AS CARTAS
    quarta-feira, 2 de maio de 2018 – 11:09 hs

    Como pensa o novo secretário do trabalho do Paraná?

    https://www.esmaelmorais.com.br/2017/12/paulo-rossi-cade-o-emprego-temer/

    O presidente da UGT-Paraná, Paulo Rossi, desmente Michel Temer e a velha mídia acerca da reforma trabalhista de que geraria milhares de novos empregos. Segundo ele, citando dados oficiais do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), foram exatos 12.292 postos a menos de trabalho no mês de novembro de 2017.

    Mais de 12 mil vagas de empregos a menos. Cadê o emprego, Temer?
    Paulo Rossi*
    O Ministério do Trabalho divulgou nesta quarta-feira (27/12), os dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), e o resultado foi que a nova legislação trabalhista, tão propagada pelo (des)governo Temer e pelo empresariado, capitaneado pela Fiesp – Federação das Indústrias de São Paulo, não surtiu o efeito desejado: Foram exatos 12.292 postos a menos de trabalho no mês de novembro/17.
    Esse resultado somente não foi pior tendo em vista que o setor do comércio – em virtude do natal, contratou mais do que demitiu. Mas o que nos preocupa é que a agricultura, a indústria de transformação e a construção civil foram as campeãs no quesito demissão, em especial na região sul e sudeste, ou seja, onde se encontram os estados mais ricos do Brasil.
    Infelizmente, esses dados divulgados pelo próprio governo, desmentem o que foi amplamente repetido na velha mídia: Que a reforma trabalhista iria gerar milhões de empregos. Uma falácia!
    A nova legislação trabalhista, aprovada pelo Congresso Nacional, simplesmente retirou direitos dos menos favorecidos e criou formas escravagistas de trabalho em pleno século XXI, dentre as quais o trabalho intermitente, cujo trabalhador que se submete a isso (ficar em casa aguardando o patrão chamá-lo para prestar serviços), ganha cerca menos de 1 quinto do salário mínimo nacional.
    Talvez isso explica os baixos índices de aprovação do ilegítimo Michel Temer e do atual parlamento, ambos a serviço do mercado internacional, sem se importar minimamente com o ser humano.
    Diante dos fatos, fica a nossa pergunta: Cadê os empregos, Temer?
    *Paulo Rossi é presidente da UGT (União Geral dos Trabalhadores), Seção Paraná.

  17. Veredito
    quarta-feira, 2 de maio de 2018 – 12:43 hs

    A nova administradora do Palácio Iguaçu simplesmente colocou a raposa para cuidar do galinheiro. Onde será que ela estava com a cabeça quando fez esta escolha? A última alternativa que ela poderia optar seria colocar um sindicalista numa secretaria que mantém, ou deve manter, relações com empresários. Este cidadão não tem perfil, não tem cultura, não tem experiência e politicamente é incorreto e imoral.É só dar uma olhada na ficha deste cidadão que os assessores da governadora vão verificar que estão criando cobra. E lembrem-se que teremos eleições neste final de ano. Para que lado ele seguirá agora se ontem estava no outro lado do rio? Onde estão os assessores de Cida para permitir um ato falho deste porte?

  18. Maria de Fátima da Paz
    quarta-feira, 2 de maio de 2018 – 20:26 hs

    Parabéns governadora Cida. O paulo rossi é um sindicalista moderno e com certeza dará uma roupagem social ao seu governo. Quem critica são as viúvas do Ratinho.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*