Datafolha: 87% dos brasileiros apoiam greve dos caminhoneiros | Fábio Campana

Datafolha: 87% dos brasileiros apoiam greve dos caminhoneiros

Sobre continuidade da paralisação, 56% acham que o ato deve continuar

Pesquisa do Datafolha divulgada nesta quarta-feira (30) aponta que 87% dos brasileiros apoiam a paralisação dos caminhoneiros. O mesmo percentual rejeita cortes no orçamento e aumento de imposto para atender às reivindicações da categoria. São contra a paralisação, 10%; indiferentes, 2%; não soube opinar, 1%.

Sobre a continuidade da paralisação, 56% acham que ela deve continuar, enquanto 42% defendem que ela termine.

A avaliação sobre a condução da negociação entre o governo e os caminhoneiros também foi levantada. Desaprovam, 77%; avaliam como regular, 16%; aprovaram, 6%; não soube avaliar, 1%. Para 96% dos entrevistados, Temer demorou para negociar, contra 3% que consideram que o presidente encontrou o momento correto.

O levantamento foi feito com 1,5 mil pessoas por telefone na terça-feira (29). A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos.


7 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 30 de maio de 2018 – 13:07 hs

    Brasileiro nasceu para servo da gleba. Povo é gado para ser tangido do pasto ao matadouro. Nada mais.

  2. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 30 de maio de 2018 – 15:44 hs

    Apoiam, e ficam horas em fila de posto de combustível. Os parentes dos que apoiam, que dependem de balão de oxigênio, de hemodiálise, não.
    Quando o frango, aquele pintinho que morreu hoje, chegar ao açougue ,ao mercado, a mulher do caminhoneiro vai esconjurá-lo.
    Num primeiro momento, sim, mas agora o movimento mudou de mão. Nas rédeas de políticos, dos mega-transportadores…

  3. PEDROCA DO SUDOESTE
    quarta-feira, 30 de maio de 2018 – 16:22 hs

    Brasileiro é inscrível. 87% são a favor da greve dos caminhoeiros e os mesmos 87 % não querem aumento de impostos, de nada. Querem comprar um sofá e não pagar em resumo.

  4. clarice franze
    quarta-feira, 30 de maio de 2018 – 16:22 hs

    EU APOIO DE CORAÇÃO E COM ORGULHO POR SER FILHA DE
    CAMINHONEIRO.
    MEU PAI MORREU EM ACIDENTE DE CAMINHÃO EM ANAPÓLIS
    GO
    .MORREU NO EXERCICIO DA PROFISSÃO QUE AMAVA E TINHA
    ORGULHO DO TRABALHO QUE FAZIA PERCORRENDO AS
    RODOVIAS DESTE IMENSO BRASIL.

    CONTEM COMIGO CAMINHONEIROS.
    QQUE DEUS OS ACOMPANHEM SEMPRE E TENHAM A PROTEÇÃO DE SÃO JUDAS TADEU

  5. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 30 de maio de 2018 – 22:24 hs

    Não existe almoço grátis. E a conta será dolorosa. Arrisco-me a dizer que os motoristas autônomos deram um tiro nos pés.

  6. VISIONÁRIO
    quinta-feira, 31 de maio de 2018 – 8:03 hs

    De nada adianta a grande maioria dos brasileiros apoiarem a greve dos caminhoneiros se não aprenderem a praticar o que se chama Cidadania. É agir cada um a seu modo mas a favor do país. Como aqui no Brasil sempre vivemos em paz apesar dos péssimos governantes, sempre tivemos combustíveis e comida. Nunca tivemos catástrofes naturais e as guerras do passado nem passaram perto da maioria dos brasileiros. Aprenderam a reclamar apenas das coisas pequenas e nunca sentiram na pele o que é o pedacinho do desabastecimento. Esta greve serviu para acender o pavio dos que nunca imaginaram que a simples falta dos combustíveis paralisaria o país. Os governantes, principalmente o Temer, começou a usar fralda geriátrica porque aquilo que era o seu sonho de se candidatar foi pro saco. Com certeza o seu índice de aprovação deve bater a casa dos 00,1% e merece. Por sua vez a Petrobrás tambem fez a sua parte nojenta aumentando a gasolina bem no dia em que os caminhoneiros estavam acabando a sua greve… Este é o país que jamais esperava viver, apesar de amá-lo
    pra sempre !!!!!

  7. roberto novaes
    quinta-feira, 31 de maio de 2018 – 9:16 hs

    Ledo engano: só os caminhoneiros e usuários (ricos, de SUVs importadas) de diesel ganharam, apoiar o quê? A vitória de uns em demérito dos outros como eu, consumidor de gasolina a R$4,89 em Curitiba…só pode ser piada de péssimo gosto…!!! E pro caminhoneiros “brasileiros” menos imposto, menos pedágio..ORA BOLAS…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*