Carta de Requião repercute pouco nas rodas do MDB | Fábio Campana

Carta de Requião repercute
pouco nas rodas do MDB

Radar, VEJA

A carta de Roberto Requião colocando seu nome à disposição do MDB para disputa da Presidência da República deve ter alcance limitado. Nos estados do Sul, vá lá, mas além deles a repercussão é tímida. Em Brasília, pouco se comentou sobre a consulta do senador, mesmo levando-se em conta que a carta é recente. Nem Renan Calheiros, um de seus apoiadores, teceu qualquer consideração.


3 comentários

  1. JÁ ERA...
    sábado, 19 de maio de 2018 – 6:58 hs

    Existe um velho ditado que diz, envelheça mas com dignidade.
    O Requião envelhece mas sem rumo e sem dignidade. O pior
    é que não é Alzheimer… é de nascença mesmo !!!

  2. cicero
    sábado, 19 de maio de 2018 – 7:02 hs

    EU ACHO QUE Sr REQUIÃO DEVERIA SE RECOLHER DENTRO DA SUA INSSIGUINIFICANCIA E FICAR BEM QUIETINHO EM CASA NÃO DISPUTAR NADA E SO ESPERAR O MORO POR AS MÃOS NELE ATÉ PORQUE O CHIQUEIRINHO LÁ EM PINHAIS JÁ ESTA PRONTO A ESPERA DELE MAIS ELE PODE FICAR SOSSEGADO PORQUE MAMONA NÃO VAMOS DEIXAR FALTAR NO CHIQUEIRINHO DELE VELHO BABÃO

  3. Parreiras Rodrigues
    sábado, 19 de maio de 2018 – 11:36 hs

    Perai. A carta teve uma repercussão danada. Lá no blogue do Esmael Morais.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*