A política de achaques ao cidadão | Fábio Campana

A política de achaques ao cidadão

O Antagonista,

Vamos explicar o nosso ponto de vista: o Estado achaca os cidadãos por meio de impostos exorbitantes; os políticos achacam a Petrobras para manter o Estado que achaca os cidadãos; a Petrobras achaca os cidadãos por meio do preço dos combustíveis que ajuda o Estado a achacar os cidadãos; os donos das frotas dos caminhões achacam o Estado para diminuir o preço dos combustíveis, sem diminuir o preço repassado aos cidadãos lá na ponta final do consumo; ao diminuir a incidência de impostos no preço do combustível, o Estado irá achacar os cidadãos de outra forma — e tudo continuará como está. Com você, cidadão, sendo permanentemente achacado por todo mundo.


4 comentários

  1. Ein Sof
    quinta-feira, 24 de maio de 2018 – 14:11 hs

    Perfeito.

  2. quinta-feira, 24 de maio de 2018 – 14:44 hs

    NA MOSCA. 10

  3. quinta-feira, 24 de maio de 2018 – 15:50 hs

    hei lasquera !!!

  4. oswaldo jefersson fernandes
    quinta-feira, 24 de maio de 2018 – 21:32 hs

    Este é mais um exemplo que o extremismo não é a solução para nada. O viés de esquerda com muitos programas sociais incham o Estado oneram as empresas que repassam ao povo em geral os custos do assistencialismo desenfreado. Por outro lado a extrema direita e o discurso liberalista com a total falta do Estado levam a sociedade para o mesmo caos, deixar nas mãos dos setores da economia controlar preços, produções e serviços levam o país pro buraco, vide as políticas de preço da Petrobrás que pra agradar o mercado aumenta quase que diariamente o preço dos combustíveis que refletiu na paralisação dos caminhoneiros, que refletirá na oferta de mercadorias que ocasionará o aumento absurdo dos preços. Trocando em miúdos nem tanto ao céu nem ao inferno, direita e esquerda andam de braços dados a sabotar o Brasil, quem será o salvador da pátria que virá do centro?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*