A motivação dos irmãos Batista | Fábio Campana

A motivação dos irmãos Batista

Não é só a esperança de manter o acordo de delação premiada no STF que motiva os irmãos Joesley e Wesley Batista a continuarem contribuindo com a Justiça em depoimentos praticamente semanais na PF. Até porque, nos moldes em que ele foi fechado com Rodrigo Janot, as chances são praticamente nulas.

Os dois são motivados também pela negociação para o acordo de leniência, importante para a saúde financeira da J&F. Os procuradores impuseram como condição que os dois continuassem colaborando para que o diálogo permanecesse aberto. As informações são do Blog do Lauro Jardim.


Um comentário

  1. Palpiteiro
    sexta-feira, 11 de maio de 2018 – 9:22 hs

    No Brasil a bandidagem é premiada. Desde que os criminoso sejam bilionários, é claro. Bandido pobre não vale nada.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*