Vídeo: propina na Bahia | Fábio Campana

Vídeo: propina na Bahia

Antonio Carlos de Jesus Bramont, preso durante a operação Factum, cobrava uma propina para agilizar a realização de atos cartorários, tanto de particulares e como também de corretores de imóveis e despachantes.
A matéria é do Estadão.

A Operação Factum, deflagrada pela Polícia Federal em Vitória da Conquista (BA) nesta terça-feira (3), desbaratou um esquema de corrupção praticados no âmbito do Cartório do 1º Ofício de Registro de Imóveis e Hipotecas da cidade.

O oficial titular do cartório o oficial titular do cartório, Antonio Carlos de Jesus Bramont, preso durante a operação, cobrava uma “taxa de agilização” para agilizar a realização de atos cartorários, tanto de particulares e como também de corretores de imóveis e despachantes.

Ele foi indiciado pela prática dos crimes de corrupção passiva, associação criminosa, tráfico de influência, falsidade ideológica e uso de documento falso.

Além disso, o chefe do cartório mantinha trabalhando naquela serventia as suas filhas e ainda outras pessoas de sua confiança, sem qualquer vínculo formal com o Tribunal de Justiça da Bahia, com o intuito de controlar o funcionamento do Cartório de acordo com os seus interesses, não aceitando a presença no local de outros servidores do Tribunal de Justiça que ali foram lotados.

Amanda Bezerra Bramont, Anna Caroline Bezerra de Castro e a despachante Maria Aparecida de Souza Pereira, tiveram a prisão temporária decretada. Além disso, mandados de busca e apreensão foram realizados na residência dos investigados e no Cartório em Vitória da Conquista – cidade a 520 km de Salvador.


3 comentários

  1. terça-feira, 3 de abril de 2018 – 17:26 hs

    QUE VERGONHAAAAAAAAAA…PRA FAMILIA HEMMMMMMMMMM

  2. ESTAMOS DE OLHO
    quarta-feira, 4 de abril de 2018 – 9:08 hs

    SE O STF SOLTAR O CONDENADO LULARAPIO
    DAI ESTARA LIBERADO TUDO QUE FOR PILANTRAGEM
    E SO O COMEÇO,SE PREPAREM ,E FIM DE FEIRA MESMO.

  3. QUESTIONADOR
    quarta-feira, 4 de abril de 2018 – 11:17 hs

    -Se fosse apenas neste cartório na Bahia, já estaria resolvido e quanto ao restante dos cartórios que existem pelo Brasil afora???

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*