STF: Maluf ficou para amanhã | Fábio Campana

STF: Maluf ficou para amanhã

Com o placar de 4 a 3 contra o deputado afastado Paulo Maluf (PP-SP), o Supremo Tribunal Federal (STF) adiou para quinta-feira o fim do julgamento do pedido de habeas corpus. Os ministros discutiram nesta quarta-feira se condenados por turmas, como é o caso de Maluf, podem ter direito a novo julgamento.

Quatro dos onze ministros votaram para que Maluf não tenha direito a apresentar embargos infringentes. Além de Edson Fachin, o relator da Lava-Jato, votaram neste sentido os ministros Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux. Já os ministros Dias Toffoli, Alexandre Moraes e Ricardo Lewandowiski foram a favor desse tipo de recurso nas turmas da Corte. As informações são d’O Globo.


Um comentário

  1. quinta-feira, 19 de abril de 2018 – 8:22 hs

    SÓ MAIS UM SANGUESSUGA ESPERANDO O CAIXÃO CHEGAR NÉ???

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*