Podemos ou não Podemos? | Fábio Campana

Podemos ou não Podemos?

Nós não temos partidos de verdade no Brasil, nós temos siglas para registros de candidaturas“.
Alvaro Dias, que já foi MDB, PMDB, PST, PP, PSDB, PDT, PSDB (de volta), PV e, agora, responde no partido na sigla Podemos.

(Foto: Google/Reprodução)


5 comentários

  1. Aguirre
    sexta-feira, 20 de abril de 2018 – 19:01 hs

    O admirável senador capricha na pose e não reluta em afirmar o óbvio.

  2. sexta-feira, 20 de abril de 2018 – 19:31 hs

    Acho o Alvaro coerente,oOs mar esteve mando junto do PT,agora esqueceu isto,mas nos nao!

  3. sexta-feira, 20 de abril de 2018 – 21:59 hs

    Isto é uma verdade que precisa ser repetida até cansarmos. Só partidos com uma estrutura democrática de decisão onde se definam os programas
    políticos e as ideologias tirarão o Brasil deste marasmo de lideranças que tenham mais a oferecer do que a proteção dos interesses familiares e a ambição pelo poder.
    Tudo o que presenciamos hoje, corrupção, descrédito nas políticas públicas, falta de capacidade gerencial das administrações públicas. Tudo isso se deve a falta de partidos que não conseguem formar lideranças públicas capacitadas para desenvolver programas para o bem comum. Nosso partidos atualmente existem apenas para defender interesses familiares ou de pequenos grupos com interesses financeiros.

  4. sábado, 21 de abril de 2018 – 12:51 hs

    UM CARA QUE FAZ PARTE DA ELITE, E FICA NO PODER ATÉ O CAIXÃO ENCOSTAR NÃO TEM MORAL PARA FAZER DISCURSOS DE MUDANÇAS!!!
    SÓ DISCURSOS PROSTITUTOS!!!

  5. Maria Silva
    sábado, 21 de abril de 2018 – 13:07 hs

    Esse político profissional realmente nao é partidário! Ele defende Ele, para ele e com ele. Pula mais que macaco na mata. 🤐💩

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*