Nova discussão entre Moro e Zanin | Fábio Campana

Nova discussão entre Moro e Zanin

Sérgio Moro e Cristiano Zanin protagonizaram nova discussão ontem à tarde. A ocasião foi a audiência para um novo depoimento do empresário Marcelo Odebrecht. Zanin e Moro discutiram sobre a necessidade do depoimento.
Parte do diálogo:
Moro: A defesa apresentou perguntas específicas em relação a mensagens que constam nos autos. Essa audiência foi marcada a pedido da defesa. Então, a audiência vai ser realizada.
Zanin: [Não requeremos a audiência], requeremos a verificação da autenticidade do material […] Eu não tenho perguntas porque não tive acesso à integralidade dos documentos.
Moro: Acho que aí é uma brincadeira da defesa. A defesa apresenta questões por escrito. Um acusado é ouvido oralmente, o juiz marca a audiência e, aí, a defesa vem e não quer fazer as perguntas.
Zanin: [Sem o acesso à íntegra do material, não tem perguntas] Isso é cerceamento de defesa. Vamos respeitar a Constituição no mínimo.
Moro: Isso é uma perda de tempo. Marcar uma audiência a pedido da defesa e a defesa não fazer perguntas.
Depois da discussão, Moro abriu a sessão.


5 comentários

  1. Djair
    quinta-feira, 12 de abril de 2018 – 11:13 hs

    Advogado do capeta, gostaria de saber como um cidadão de classe operária, eleito presidente com salário do teto constitucional, conseguiu tanto dinheiro para sustentar esses advogados, defesa de milhões?Será que tem dinheiro público envolvido na defesa do bandido e sua organização criminosa!

  2. quinta-feira, 12 de abril de 2018 – 11:18 hs

    CADA UM QUERENDO PAGAR DE FÓDÃO, SALVE SE QUEM PUDER!!!

  3. Rapaz
    quinta-feira, 12 de abril de 2018 – 11:45 hs

    Os ministros do STF ficam falando em “paciente” quando discutem os Habeas Corpus. O Moro que é muito paciente! Eu já tinha dado voz de prisão pra esse rábula de porta de cadeia (agora, literalmente).

  4. quinta-feira, 12 de abril de 2018 – 12:57 hs

    É bom lembrar o que Marcelo Odebrecht disse para o adv. Zanin: “é melhor a defesa se contentar com esses e-mails aí, porque quanto mais eu falar mais complica a vida dele (Lula)”

  5. Jorge
    quinta-feira, 12 de abril de 2018 – 13:44 hs

    Zanin que sabe que sua causa está perdida apela pra ignorância. Gostaria de saber sobre seus honorários e de onde vem. devia ser preso junto com o chefe da maior organização criminosa do pais. Do Al Capone brasileiro

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*