Império Alviverde rebate: 'MST provocou e intimidou' | Fábio Campana

Império Alviverde rebate:
‘MST provocou e intimidou’

A principal torcida organizada do Coritiba, Império Alviverde, rebateu as acusações no começo da tarde desta quarta-feira (18) e afirmou que a confusão ocorrida no acampamento de apoio ao ex-presidente Lula foi iniciada por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

De acordo com nota oficial publicada na rede social Facebook, em nenhum momento o confronto foi planejado, assim como não houve iniciativa por parte dos torcedores que estavam se deslocando a caminho do estádio Couto Pereira. “Houve provocação e tentativa de intimidação por parte dos militantes, que inclusive agrediram e feriram alguns dos nossos integrantes com golpes de martelo, além de estarem portando facões, foices, entre outros objetos. De imediato deu-se início ao conflito que está sendo veiculado por diversas mídias”, informou a organizada. As informações são da Banda B.

A Império Alviverde afirma ainda que não tem uma posição política favorável ou contra a qualquer instituição ou grupo político e que não temos o mínimo interesse de criar atrito entre as partes. “Gostaríamos de deixar claro que a Império não segue nenhum tipo de ideologia político-partidária, somos uma torcida democrática e temos entre nossos associados simpatizantes da esquerda como da direita e todos são tratados da mesma forma sem distinção. Acreditamos que os fatos acima citados foram um caso isolado e que não devem se repetir. Orientaremos nossos associados a manter distância de tais grupos que estão acampados em nossa cidade”, conclui a nota.

Confusão

A confusão começou por volta das 19h30 desta terça-feira (17). Com a chegada de viaturas da Guarda Municipal e Policia Militar, os torcedores se dispersaram. O guarda Silveira Melo contou como tudo aconteceu. “Os manifestantes deixavam o local quando encontraram os torcedores do Coritiba, iniciando um confronto entre as partes. Saíram na porrada e os moradores ficaram muito assustados ali”, descreveu à Banda B.

Segundo Partido dos Trabalhadores (PT), duas pessoas foram atendidas com escoriações pelo corpo. “Na hora em que tiramos o acampamento, houve este ataque violento com barra de ferro. Somos agredidos verbalmente o tempo todo aqui, mas quando alguma coisa acontecer, falarão que a culpa foi dos movimentos sociais”, disse Doutor Rosinha, presidente do PT Paraná.

Testemunhas afirmam que a confusão teria sido iniciada após membros do MST gritarem “coxinhas” e “2ª divisão”. A informação não foi confirmada pela polícia.

A Polícia Civil investiga o caso.


10 comentários

  1. Carlos Ernandes
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 21:03 hs

    Fábio Campana
    Gostaria de fazer uma denúncia : hoje , há pouco, na UEL , em Londrina , fazem um “evento” no centro da Humanas, utilizando espaço público, para defender o Lula livre, com discursos políticos contra o governo federal e estadual . Beto Richa está sendo execrado.
    Márcia Lopes, ex-ministra de Lula, App sindicato, CUT e alguns professores obrigam alunos a participar, se não, levam falta.
    Isto pode?

  2. Carmem
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 21:22 hs

    Agora os moradores já sabem: se precisarem de ajuda, chamem a torcida do Coxa. Eficiência comprovada, kkkkk

  3. PHILLIPS
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 21:42 hs

    Sou contra todo tipo de agressão, sou atleticano, mas conhecendo os métodos do MST fico com a IMPÉRIO ALVIVERDE

  4. troll
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 21:51 hs

    Se a polícia não faz,a Imperio resolve!

  5. Sapo Eletrico
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 22:46 hs

    Os caras vestem vermelho e preto, cor odiada pelo Auri Verde.

    Essa publicação do Auri Verde não é convincente.

    Quem procura acha! Acharam sarna pra se coçar.

  6. tadeu rocha
    quinta-feira, 19 de abril de 2018 – 7:36 hs

    eles acham que são os donos, tem que fechar isso ai.

  7. Dionleno
    quinta-feira, 19 de abril de 2018 – 8:00 hs

    Só falta a Fanáticos dar um “côro” nesses baderneiro, a Fofúria não adianta chamar pois como sempre estarão em menor número.

  8. douglas
    quinta-feira, 19 de abril de 2018 – 8:45 hs

    SOU ATLETICANO ADOREI OQ A TORCIDA DO COXA FEZ . TEM MINHA ADMIRAÇÃO JÁ PARABÉNS A TORCIDA COXA

  9. quinta-feira, 19 de abril de 2018 – 10:26 hs

    Bom mesmo seria a união das ter torcidas para juntos mostar forças e baixr o pau nesses baderneiros fdaps. destruam todos e qualquer acampamento de vagabundos que nada fazem em prol do tão barente Brsil

  10. Rapaz
    quinta-feira, 19 de abril de 2018 – 11:05 hs

    Sou partidário do Flamengo e democrata por convicção. Acho que nenhuma torcida deveria se omitir. Todos deveriam mostrar sua indignação contra esses vermes inúteis. E ao final, que vença a torcida que mais porrada distribuir!

    Mas quando for a vez do Paraná Clube esvaziar sua kombi de torcedores pra lutar seu round, os demais times bem que poderiam se unir pra dar apoio! FORA MST!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*