Gleisi na Al Jazeera | Fábio Campana

Gleisi na Al Jazeera

Vera Magalhães informa que Gleisi Hoffmann gravou depoimento em vídeo veiculado pela emissora Al Jazeera em que diz que Lula é um preso político cuja prisão foi determinada pelo STF por pressão da Rede Globo e em afronta à Constituição.
Na narrativa endereçada pela presidente do PT ao “povo árabe”, ela diz que a prisão de Lula contraria a vontade do “povo brasileiro” e é a continuação do “golpe” que retirou Dilma Rousseff do poder. “A Globo está pressionando o Judiciário brasileiro a não conceder liberdade a Lula”, afirma ela, numa espécie de versão petista das “Mil e Uma Noites”.


23 comentários

  1. Daniel, o ateu atento
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 12:01 hs

    Ou seja, falando mentiras e envergonhando os brasileiros.
    Ela podia usar todo seu garbo revolucionário nesta tal entrevista, e ir além, falando, por exemplo, dos direitos das mulheres nos países muçulmanos, por exemplo.
    Ou dos direitos de qualquer outra pessoa nestes países, pois a maioria deles é tolhida em nome da religião…

  2. Daniel, o ateu atento
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 12:10 hs

    Ou por exemplo, falar da corrupção da classe dirigente saudita (família Saud e apaniguados), que oprime com mão de chumbo o seu próprio povo.
    Nestes países sim, existem presos políticos (e muitos!). E presos religiosos (isso quando eles não são enforcados ou decapitados em praça pública) também.
    Mas para que falar disso, não é, quando ela pode falar mentiras envolvendo o seu bandido de estimação?

  3. Sergio R.
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 12:29 hs

    O povo árabe ficaria feliz de saber que ela é chamada de “amante” nas planilhas da Odebrecht. Tenho minhas dúvidas se os árabes levariam muito a sério os desvarios da moça.

  4. Daniel, o ateu atento
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 12:36 hs

    Além disso, é relativamente perigoso falar certas verdades envolvendo aquelas paragens… se é que me entendem.

  5. Simões
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 12:43 hs

    Esta bosta enlouqueceu de vez. Por falar nisso o nome Hoffmann não é judeu?

  6. Flávius
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 13:01 hs

    Isso é muito sério, de uma irresponsabilidade total. Está brincando de “mulher-bomba”???

  7. Daniel, o ateu atento
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 13:24 hs

    Simões, não tem como falar se é judeu ou não. Na verdade, é um sobrenome de origem alemã que foi adotado por alguns judeus ashkenazí . Provavelmente é! Eu, por exemplo, por parte de pai, sou portador de dois sobrenomes (um espanhol e outro /português) que nunca imaginei que pudessem ter qualquer relação com judeus. Mas os dois têm relação, e forte. Muito provavelmente sou descendente de judeus sefarditas que tornaram-se cristão-novos.

  8. RR
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 13:43 hs

    AS FORÇAS ARMADAS TEM QUE DAR UM JEITO NESSA VAGABA DE QUINTA CLASSE.

  9. Rapaz
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 14:30 hs

    إنه ليس سجين سياسي. تم القبض عليه بتهمة الفساد.
    Ele não é preso político. Foi preso por corrupção.

  10. Rapaz
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 14:31 hs

    E ela é uma adúltera indigna de fé, devia arder no mármore quente do inferno!

    هي زانية لا تستحق الإيمان ، يجب أن تحترق في رخام الجحيم الساخن!

  11. Flávio
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 14:47 hs

    Cadê a nossa Justiça, vai ficar de braços cruzados assistindo a tudo isso.

  12. Jãojão
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 15:11 hs

    Devolva a propina antes de falar Greizi

  13. quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 15:12 hs

    Flávius, o paviuzinho de estar pendurado entre as pernas !

  14. BETO
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 15:18 hs

    GLEISI, sua maldita vagabunda.
    Me processe sua vadia.
    Pilantra, calhorda.
    Canalha que anda jogando contra o brasil.

    Prendam esta vadia.

  15. Daniel, o ateu atento
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 15:19 hs

    Tem gente aqui nos comentários clamando pelas forças armadas…
    Querem transformar o que já é péssimo em barbárie total…

  16. B. Russel
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 15:19 hs

    Paulo, Paulo, leva a Gleisi para o Catar ou qualquer outro Emirado. Lá você poderá “disciplinar” a mulher, como definiu a Suprema Corte dos Emirados. Só não pode deixar marcas. Você, Paulo não mancharia o couro da lourinha, tão agitada nesses dias sem os afetos de Lula.

  17. Daniel, o ateu atento
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 15:20 hs

    Rapaz: não, ela não deveria arder no mármore quente do inferno.

  18. henry
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 15:26 hs

    NÃO SEI PORQUE ATÉ AGORA NENHUM SENADOR ENTROU COM UM PEDIDO DE “impedimento” DESTA verme petista, TRAIDORA DA PÁTRIA. SE NINGUÉM TOMAR INICIATIVA, O EXÉRCITO BEM QUE PODERIA ENTRAR NA CAUSA. ESSA “muié” NÃO PASSA DE UM LIXO IGUAL AO SEU “amante”…

  19. HELENA
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 16:35 hs

    Pirou de vez! manicômio urgente!!!

  20. ESTAMOS DE OLHO
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 16:36 hs

    A TA BOM , E DAI ELES VAO ATACAR
    A GLOBO E O STF,STJ,O TRF4 A PF
    A CASA DO MORO ,SO POR CAUSA
    DO PRESIDIARIO CORRUPTO DO PT
    O DONA DOIDA SABE O QUE FALTA
    PARA ELA E ENCARAR UM BOM TANQUE
    DE ROUPA SUJA E LARGAR ESSA MANIA
    DE DEFENDER O QUE NAO TEM DEFESA.

  21. Luiz Antonio
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 17:43 hs

    Desespero de quem sabe que a própria hora está chegando. A propósito, alguém viu essa safada na porta da cadeia fazendo algazarra quando o próprio marido foi preso?

  22. Uncle Joe 100
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 18:28 hs

    Por favor, algum amigo da cinquentona dê a ela um pouco de atenção, não esta dada pela mídia, mas aquela que o maridão devia lhe dar e vem negligenciando, porque a moça passou dos limites. Está precisando de mais atenção, mais carinho.

  23. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 19:10 hs

    O caso é mais grave do que aparenta.
    Submeter a Nação ao juízo de outra é crime de ultraje à soberania.
    Ainda mais quando se trata de nação fundamentalista, praticante do terrorismo para impor as suas crenças.
    Caso de cassação de mandato e até de perda da cidadania.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*