Fora dos holofotes a conversa é outra | Fábio Campana

Fora dos holofotes a conversa é outra

O assassinato da vereadora Marielle e seu motorista comoveu o Brasil, repercutiu no mundo e provocou gritaria entre os políticos de televisão. Mas quando não tem ninguém olhando, a conversa é outra.
As sessões na comissão da Câmara criada para acompanhar o caso não passam de cinco minutos. Ontem, com apenas dois deputados no plenário, foi aprovado convite para a procuradora Raquel Dodge falar sobre as investigações, talvez nesta oportunidade apareçam os discurseiros de plantão.


Um comentário

  1. quarta-feira, 18 de abril de 2018 – 15:19 hs

    Com certeza as hienas necrofagas e discurseiras hão de aparecer para reclamar seu quinhão…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*