Família Castro deixa o comando de Cuba, após quase 60 anos | Fábio Campana

Família Castro deixa o comando de Cuba, após quase 60 anos

A Assembleia Nacional de Cuba confirmou hoje Miguel Díaz-Canel como o sucessor de Raúl Castro no comando da ilha. Ele recebeu 603 dos 604 votos possíveis na sessão e já é oficialmente o novo presidente do país. informa a Folha de S. Paulo.
Díaz-Canel foi indicado ontem para ocupar o cargo de presidente do Conselho de Estado, cargo que representa o chefe de Estado e de governo de Cuba. Ele será a primeira pessoa de fora da família Castro a comandar o país em quase 60 anos.
Com isso, ele se tornou oficialmente o líder da ditadura cubana, embora na prática Raúl deva manter o poder, já que continuará no comando do Partido Comunista Cubano até 2021 e das Forças Armadas — postos que de fato ditam a política na ilha. A expectativa, portanto, é que Díaz-Canel siga sob o comando do general.

(Foto: Reprodução/Google)


Um comentário

  1. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 19 de abril de 2018 – 11:30 hs

    Deixa o palco e vai para a coxia mexer os fios da marionete. Papo furado. É uma república de bananas familiar, em nada diferindo de outras da América latrina.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*